Compartilhar:

João Pedro Ladeira, da equipe MRN Informação

A novela ‘Filipe Luís’ está próxima de chegar ao fim. O Flamengo aceitou a contraproposta do lateral que deve ser anunciado nas próximas horas, segundo informou o GloboEsporte.com. O vínculo de Filipe junto ao Rubro-Negro será até o fim de 2021.  

Ontem, entrevista coletiva, o VP de futebol do Flamengo, Marcos Braz, disse que o atleta havia pedido um tempo para pensar por conta da Copa América, após a competição as conversas foram reiniciadas. Segundo Braz, a demora da resposta de Filipe se dá pelo fato de ser uma ‘questão de vida’, já que o jogador vive na Europa há 14 anos e, inclusive, é casado com uma espanhola. 

Após título da Copa América, Filipe tirou foto com a camisa do Fla. Foto: Reprodução/Instagram

Filipe Luís será o nono reforço do Flamengo para a temporada. Gabriel Barbosa, Bruno Henrique, Arrascaeta, Rodrigo Caio e João Lucas foram contratados no início de 2019. Na janela do meio do ano, além do lateral-esquerdo, Gerson, Rafinha e Pablo Marí também foram contratados. 

Vale salientar que o prazo de inscrição para as oitavas de final da Libertadores já expirou, Filipe só poderá ser inscrito em caso de classificação sobre o Emelec. 

Carreira

Apesar de ter uma carreira sólida na seleção e na Europa, poucos lembram do lateral em solo brasileiro. Isso se deve ao fato de Filipe ter saído do Brasil ainda bem jovem, após ser bicampeão catarinense pelo Figueirense em 2003 e 2004. Em 2004, foi vendido ao Ajax ficando somente uma temporada no clube holandês, na temporada seguinte foi emprestado ao Real Madrid Castilla, por onde também ficou apenas por um ano.  

Em 2006 foi negociado com o Deportivo La Coruña e ficou até 2010. Em 2008/09 foi eleito o melhor lateral-esquerdo da La Liga. Após passagem significativa pelo time da Galícia, Filipe assinou por cinco temporadas com o Atlético de Madrid, sendo um dos pilares da reconstrução do clube, onde foi Campeão Espanhol, da Supercopa da Espanha, Supercopa da Uefa, Europa League entre outros. 
 
O lateral ainda foi vendido ao Chelsea em 2014, mas não conseguiu se adaptar ao clube londrino, ficando apenas por uma temporada, quando voltou para o Atlético. 


Compartilhar: