Se quiser chegar ao G8 e consequentemente avançar à próxima fase da competição, só a vitória diante do Avaí/Kindermann não basta

A derrota sofrida no último domingo para o Palmeiras, complicou a situação do Flamengo/Marinha no Campeonato Brasileiro Feminino A1 2020: a equipe carioca não depende apenas de si para chegar entre as oito primeiras colocadas e posteriormente avanças para a próxima fase da competição. O duelo derradeiro acontecerá nesta quarta-feira (14), às 19h30, no Estádio Giulite Coutinho, contra o Avaí/Kindermann.

A CBF TV transmitirá a partida ao vivo: CLIQUE AQUI

Enquanto a equipe catarinense já está classificada para as quartas de final, o Flamengo ainda sonha com a última vaga: para isso, terá que vencer e torcer por uma derrota do Grêmio, que joga fora de casa, contra o São Paulo. Em caso de empate ou derrota, o Rubro-Negro encerra ali mesmo a sua participação no Brasileiro Feminino em 2020.

tabela brasileiro feminino flamengo marinha

Entenda a situação do Flamengo na competição

Dois pontos atrás do Grêmio (atual oitavo colocado), o Mengão chegaria aos 24 pontos em caso de vitória, mas precisa torcer para o São Paulo vencer as tricolores gaúchas. Caso isso aconteça, o adversário nas quartas seria o Corinthians. Vale destacar que Grêmio, Flamengo e Cruzeiro lutam pela última vaga na próxima fase.

CenárioResultado
Fla/Marinha perdeNão avança
Fla/Marinha empataNão avança
Fla/Marinha ganha e Grêmio ganhaNão avança
Fla/Marinha ganha e Grêmio empataSaldo de gols. Atualmente: Flamengo +1 e Grêmio +5
Fla/Marinha ganha e Grêmio perdeAvança

Se o Grêmio empatar com o São Paulo chega aos 24 pontos, mesma pontuação do Flamengo caso a equipe carioca vença o Avaí. Neste caso, o regulamento aponta que, havendo igualdade na pontuação, o primeiro critério de desempate seriam as vitórias, e após, o saldo de gols. O Rubro-Negro precisaria vencer por cinco gols de diferença para garantir a vaga.

*Créditos imagem destacada: Flamengo

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.