Compartilhar:

Yago Martins, do MRN Informação

O Flamengo pode estar correndo um sério de risco de perder o técnico Jorge Jesus para o Benfica nos próximos dias. De acordo com o jornalista Mauro Cezar, da ESPN, a conversa entre o presidente do clube português e o treinador avançaram nas últimas horas e uma reunião na noite desta sexta-feira pode ajudar a sacramentar o acordo entre as partes.

De acordo com a publicação, caso aceite a oferta do clube do Estádio da Luz, Jesus só deixaria o Flamengo após as decisões do Carioca. As partidas serão disputadas neste domingo, às 16h e na quarta-feira, às 21h30. Seriam as despedidas de Jorge Jesus no Maracanã.

Nas redes sociais, torcedores do Flamengo já discutem possíveis nomes para substituir o treinador. Miguel Angel Ramires, atualmente no Independiente Del Valle, Jorge Sampaoli, contratado recentemente pelo Atlético-MG e Gallardo, treinador do River Plate, são alguns dos nomes mais comentados pela maior torcida do Brasil. Porém, o português Marco Silva seria o plano B do rubro-negro, caso o Mister realmente deixe o clube.

Os primeiros rumores de um interesse do Flamengo em Marco Silva aconteceu já no início deste ano, quando o Mais Querido ainda estava em negociação com o Jorge Jesus em busca da renovação. O Mundo Rubro Negro fez uma matéria em março, informando que o técnico de 42 anos era a primeira opção de Marcos Braz, caso a renovação com o JJ não acontecesse.

Na edição de quinta-feira, do jornal português ”O Jogo”, o assunto de Marco Silva no Flamengo voltou a ganhar novos capítulos. Segundo a publicação, seu empresário, Carlos Gonçalves, esteve em contato com representantes do clube da Gávea que consultaram a situação do treinador, atualmente livre no mercado.

QUEM É MARCO SILVA

Nascido em Lisboa, Marco Alexandre Saraiva da Silva é um ex-futebolista e começou a carreira como técnico em 2011, no Estoril Praia-POR. Como atleta, foi lateral-direito e não teve muito destaque em sua carreira.

Passou por Belenenses, Atlético, Trofense, Campomaiorense, Rio Ave, Braga, Salgueiros, Odivelas e encerrou sua carreira no Estoril Praia, onde depois virou treinador.

Como técnico, além do Estoril comandou o Sporting, Olympiacos-GRE, Hull City-ING, Watford-ING e Everton-ING. Nesses clubes, conquistou três títulos, além de ser eleito o “treinador do ano” na Segunda Liga portuguesa em 2011/12.

TAÇAS CONQUISTADAS COMO TÉCNICO

Pelo Estoril, venceu a Segunda Liga em 2011/12. No Sporting foi campeão da Taça de Portugal em 2014/15 e na Grécia levou o Campeonato Grego em 2015/16.

PASSAGEM PELA INGLATERRA

Em 2017/18, Marco teve dificuldades no Watford, e a equipe terminou a Premier League em décimo quarto lugar, com 41 pontos. O português foi demitido após perder para o Leicester, fora de casa por 2 a 0. No momento do desligamento, o Watford não vencia a um mês, e nas últimas 11 rodadas fez apenas 5 pontos.

Quando comandou o Everton na temporada 2018/19, a equipe terminou o Inglês em oitavo lugar, com 54 pontos. Porém, Marco Silva deixou o comando do clube após ser goleado pelo Liverpool, por 5 a 2, na décima quinta rodada. Foram 60 jogos durante toda a temporada, com 24 vitórias, 12 derrotas, 24 empates.

ESTILO DE JOGO

Treinado por Marco Silva no Estoril, o atacante Tony Taylor revelou detalhes do treinador ao site “Premier League Brasil”.

“Ele está muito atento aos detalhes, é taticamente correto e sabe onde colocar cada jogador para obter o melhor deles. Seu treinamento também é muito bom. Ele é um grande treinador em todos os níveis”.

Marco Silva adota um estilo de jogo progressivo e acelerado, ou seja, ao ataque. Seguiu essa filosofia quando enfrentou grandes clubes do futebol europeu.

Um exemplo foi pela Champions League, em 2015, quando treinava o Olympiakos e venceu o Arsenal por 3 a 2.

Créditos de imagem destacada: Divulgação/Flamengo

Compartilhar: