Do League of Legends ao Free Fire, Fla também enxerga Pro Evolution Soccer e anuncia times para modos competitivos

MRN Informação | Bernardo MoreiraTwitter: @bemxfe

Já com grande destaque no cenário nacional com o time de League of Legends, além da recente parceria com o Free Fire, o Flamengo vai anunciar novos times de eSports do Pro Evolution Soccer, com quem já tem parceria desde 2017. Ao contrário de outros times nacionais que mantêm negócios com o FIFA da EA Sports, o Flamengo é um dos poucos times brasileiros, além de Corinthians, Vasco, Atlético Mineiro Internacional e São Paulo, que possuem exclusividade no jogo da Konami.

O jogo da empresa japonesa, inclusive, tinha exclusividade da Copa Libertadores da América em seu catálogo até o FIFA 20, que foi o primeiro da EA a realmente contar com a competição internacional sulamericana. No entanto, o contrato com a Konami, que começou em 2017, vai até junho de 2023 e renderá cerca de 6,5 milhões de reais ao clube.

PES 2021 preço: https://amzn.to/33UIFjc

O novo acordo adiciona o Flamengo em outras modalidades do PES no modo competitivo entre times, como co-op e o x11, além partida normal um contra um. Como no Free Fire, o acordo é de parceria – no caso, a Liga Barones, e os jogadores que irão competir ainda serão selecionados e divulgados.

O modelo de gestão de jogos eletrônicos do Flamengo é o de licenciamento; o que permite ao jogo completa disponibilidade para maior aperfeiçoamento dos atletas tanto na aparência quanto no estilo de jogo do time. Os gestores do setor atualmente são a Simplicity Esports, que também comanda a parte de League of Legends do clube. O Flamengo buscará sua primeira vitória nesse novo projeto no próximo sábado (26) na Confederação Brasileira de Futebol Digital e Virtual.

Ver também:

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Divulgação / Konami