Compartilhar:

O volante Gerson, que chegou ao Flamengo no segundo semestre de 2019 e foi peça fundamental para as conquistas do Campeonato Brasileiro e da Copa Conmebol Libertadores, segue na mira dos gigantes europeus. Após o rubro-negro recusar uma proposta do Tottenham, Borussia Dortmund e Chelsea estariam dispostos a oferecer mais do que o Hotspur.

Quem confirmou foi o próprio pai e empresário do atleta, em entrevista ao jornalista Gabriel Reis, do canal Paparazzo Rubro Negro.

“Negócio está quente e se chegarem a 35 milhões de euros, nesse momento, difícil segurar. Mesmo a gente querendo muito ficar, o Flamengo é nosso patrão. Se eles quiserem aceitar a proposta, não tem jeito. O momento da pandemia é muito difícil” – disse Marcão.

O Flamengo é dono de 100% dos direitos econômicos de Gerson, que custou na época cerca de R$ 50 milhões aos cofres rubro-negros na negociação com a Roma.

Créditos de imagem destacada: Divulgação/Flamengo

Compartilhar: