Flamengo passa sufoco no fim, mas vence o Fortaleza no retorno do NBB

Rafael Sacharny
Jornalista carioca formado pela FACHA, 25 anos e pós-graduando em Jornalismo Esportivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Apenas três dias depois de vencer a Copa Super 8, o Flamengo retornou à quadra nesta terça-feira, 26, para a partida contra o Fortaleza Basquete Cearense, pelo NBB, no Maracanãzinho

O confronto foi marcado pelo bom início do Rubro-Negro, mas em seguida, a queda de desempenho no segundo tempo. Com isso, o time de Gustavo de Conti chegou a passar um sufoco no fim, porém, a vitória foi confirmada por 77 a 74. Com o resultado, o Flamengo segue na segunda posição da tabela do NBB.

Os destaques do Flamengo foram Olivinha (20 pontos e seis rebotes), Marquinhos (nove pontos, sete assistências e sete rebotes), Hettsheimeir (14 pontos e sete rebotes) e Rafael Mineiro (13 pontos).

Na próxima partida, o Rubro-Negro encara a Unifacisa, na quinta-feira, 28, a partir das 20h, novamente no Maracanãzinho.

O jogo

O primeiro quarto de partida começou com bom aproveitamento do Flamengo, sobretudo com Olivinha acertando três bolas de três seguidas. A marcação rubro-negra também foi eficiente, o que garantiu a vitória parcial por 24 a 18, apesar de a equipe cearense conseguir diminuir a desvantagem nos minutos finais.

Na sequência, Hettsheimeir apareceu como o principal pontuador, junto com Olivinha. Assim como Olivinha, o camisa 30 acertou arremessos do perímetro em sequência. Então, os dois lideraram o Flamengo para vencer também o segundo período (22 a 12) e ir com a vantagem para o intervalo.

Contudo, a forte marcação vista no primeiro tempo desapareceu na segunda metade do confronto. A equipe do Fortaleza começou a se sentir mais a vontade, deu muito trabalho à defesa rubro-negra e assim foi se aproximando do placar. Além disso, os visitantes conseguiram fazer uma defesa melhor para vencer o período (16 a 12) e diminuir a vantagem do Flamengo.

Com o ataque adversário em ascensão, o Rubro-Negro muitas vezes teve que parar as jogadas com falta. Da mesma forma, o Carcará não deixava o mandante pontuar facilmente. Muitas reclamações dos jogadores e técnicos foram feitas e os dois times estouraram o limite de faltas. No fim da partida, Olivinha mais uma vez acertou a bola de três, arma preferida do Mengão, e Marquinhos foi decisivo com os lances livres. Embora o Flamengo tenha visto a diferença cair para três pontos, a equipe segurou o placar e confirmou a vitória no retorno do NBB.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs