Compartilhar:

A imprensa da Argentina já começou a vincular o futuro do técnico Jorge Sampaoli no Flamengo. De acordo com o site TyC Sports, o atual comandante do Atlético-MG seria o substituto que a diretoria rubro-negra estaria pensando para repor uma possível saída de Jorge Jesus.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o diretor executivo de futebol do clube mineiro, Alexandre Mattos, se esquivou sobre o assunto: ”Tudo isso é muito especulativo, não precisamos trabalhar com especulações”. No dia 5 de março, Samapoli assinou até o fim da próxima temporada com o Galo, e desde sua chegada, o Atlético contratou jogadores como Guilherme Arana, Kenno e Marrony.

O treinador argentino não é o primeiro especulado no clube da Gávea para substituir Jorge Jesus. Marco Silva, que é português e está atualmente livre no mercado, também estaria nos planos da diretoria rubro-nega em caso de uma possível saída de JJ. Na última semana, o Mundo Rubro Negro fez uma matéria explicando como costumam jogar as equipes treinadas por Silva. Como treinador, trabalhou no Sporting, Olympiacos-GRE, Hull City-ING, Watford-ING e Everton-ING. Nesses clubes, conquistou três títulos, além de ser eleito o “técnico do ano” na Segunda Liga portuguesa em 2011/12. Marco também foi atleta, e atuou como lateral-direito.

Jorge Jesus

Nesta segunda-feira, o jornal português “A Bola” colocou o Mister como destaque de capa pela terceira vez nos últimos seis dias. Segundo a publicação, o Benfica está “à espera de Jesus” para revolucionar o clube do estádio da Luz.

Uma definição sobre a permanência ou não do treinador no Flamengo, só acontecerá após a final do Campeonato Carioca. Após a decisão desta quarta-feira, já poderemos ter novidades concretas em relação ao futuro do Mister.

Caso Jesus aceite a proposta do clube português, o Benfica precisará pagar 1 milhão de euros (R$ 6 milhões) ao Flamengo, multa considerada baixa no mercado europeu.

Crédito de imagem destacada: Divulgação/Atlético-MG

Compartilhar: