25.8 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, janeiro 21, 2021

Flamengo perde pateticamente para o Fluminense; confira as avaliações e notas do time [28ª rodada – Campeonato Brasileiro 2020]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Depois de fazer um primeiro tempo de imposição e posse, o Flamengo de Ceni recuou sem explicação e tomou a virada

Notas atribuídas por torcedores da comunidade MRN – Pensar Flamengo

O Flamengo se complicou no Campeonato Brasileiro. O rubro-negro recebeu o Fluminense no Maracanã na noite desta quarta, e perdeu de virada por 2 a 1, dificultando cada vez mais as chances de ser campeão nacional.

Veja também: Arrascaeta dá forte declaração após derrota para o Fluminense; assista

Leia as análises individuais e notas dos jogadores concedidas pelo time de colaboradores do MRN:

Hugo Souza: Sem culpa nos gols, mas foi inseguro nas saídas do gol. Ainda fez uma defesa difícil e importante no fim do primeiro tempo. Nota: 6,5.
Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Isla: Partida sem brilho. Fez um primeiro tempo bom, aparecendo como boa opção na direita. Caiu de rendimento no segundo tempo, como o resto do time. Errou vários cruzamentos e deixou espaços pelo seu lado. Nota: 4,0
Vitor Mathura – Twitter: @v_mathura

Rodrigo Caio: Manteve a regularidade e segurança de outros jogos. Nota: 6,5.
Ricardo Bitencourt – Instagram: @drbitenco

Natan: Assim como todo o time, fez um excelente primeiro tempo. Foi firme em todas as jogadas e muito seguro nas saídas de bola. No segundo, caiu com todo o time. Errou muito e quase cedeu um gol ao adversário em uma jogada bisonha. Nota: 5,0.
Diego: Entrou bem e segurou a bola quando o time tinha perdido o meio campo, mas não foi o suficiente. Ainda teve a chance de fazer um gol de falta, mas… Nota: 5,0.
Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro04

Filipe Luís: No primeiro tempo foi um desafogo do lado esquerdo sempre dando opção ofensiva. Na segunda etapa, ficou encaixotado na marcação adversária e até tentou sem sucesso algumas jogadas. Também manteve sua regularidade defensiva, até dar o carrinho que originou o gol da vitória adversária Nota: 2.0.
Marcelo Batista – Twitter: @Antifa_crf

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Arão: Assim como todo o time, fez dois tempos completamente distintos. No primeiro foi muito bem e comandou as saídas de bola, dando bastante ritmo no meio. Já no segundo tempo esteve mais desligado, errando alguns passes e mais lento nas jogadas. Acabou o jogo como zagueiro e não ajudou muito, mas não teve como salvar a virada no placar. Nota: 5,0.
Rafael Albuquerque – Twitter: @R_Albuquerque01

Gerson: Fez uma partida regular, bem distante dos seus melhores momentos. Mas ainda conseguiu ser um dos melhores do time, foi o sopro de qualidade enquanto teve fôlego. Saiu do jogo cansado porque ele joga em um espaço muito grande do campo, falta fôlego sempre. Nota: 5,0.
Pepê: Uma entrada que só o Rogério Ceni pode explicar. Nota: 1,0.
Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Arrascaeta: Dentre todos foi o que destoou, só que não para melhor, mas para menos pior. Teve 3 chances de gol, fez 1. No fim do jogo ainda falou o que todos nós Rubro Negros estamos falando: “O time jogando desse jeito, não merece ser campeão!”. Nota: 5,0.
Caroline Menezes – Twitter: @kaka_menezes07

Everton Ribeiro: Pior em campo como na grande maioria das vezes desde sua volta da Seleção. Como pode um jogador cair tanto de produção assim? Não acertou nada. Nota: 0,0.
Rodrigo Muniz: entrou faltando pouco pro fim e fez mais que o Everton Ribeiro. Deu uma cabeçada na direção ao gol que bateu no braço do lateral tricolor. Nota: 6,0.
Welson Alves – Twitter: @welson_fla

Bruno Henrique: Não criou, finalizou uma vez, burocrático toda vida. O tempo todo pega a bola pela ponta, corta para o meio e toca para trás. Fica a dúvida se a culpa é dele ou do técnico que não consegue armar um time desses. Nota: 3,0.
Edson Lira – Twitter: @Edsonjslira

Gabigol: Uma chance incrível desperdiçada no início do jogo e uma tentativa de passe errada quando tinha campo aberto pra finalizar. A sua movimentação é muito importante ao time, mas o gol perdido fez falta novamente. Apesar disso, sua saída foi inexplicável. Não era ele quem deveria ser substituído. Nota: 6,5.
Pedro: Hoje temos do que nos queixar. Não conseguiu desatar o nó dado pela zaga tricolor. Foi mal, deu um chute mascado e quis fazer linha de passe dentro da área no último minuto de jogo. Nota: 4,0.
Danton Freitas

Rogério Ceni: Não tem explicação pra esse jogo. Seu time segue sem conseguir criar e parece piorar a cada sequência de treinos.
A impressão que passou foi de que o Flamengo dominou o primeiro tempo porque o Fluminense deu a bola.
Suas substituições também não ajudam. Tirar Gabriel beirou o inexplicável, ainda mais com tantos outros jogando mal e dando sinais de cansaço. Pra terminar, um time que quer ser campeão não pode voltar do intervalo como o Flamengo voltou. Ainda mais sabendo que o rival na briga pelo título está sendo goleado em seu jogo. Nota: 2,0.
Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs