Flamengo procura atacante do Coritiba que toma decisão sobre seu futuro

banner-yago martins

Artilheiro da última edição da Copa do Brasil sub-20, o jovem atacante de 18 anos Luizão estendeu seu contrato com o Coritiba até outubro de 2024. O antigo vínculo se encerrava no dia 31 de outubro de 2023 e por isso, o Flamengo chegou a sondar a situação da promessa.

De acordo com o GE, o Rubro-Negro oferecia ao ‘Coxa Branca’ um acordo por empréstimo com opção de compra estipulada ao término do contrato. Com o novo compromisso com a equipe paranaense formalizado, a negociação ficou difícil de ser concretizada neste momento. Além do Flamengo, o Dnipro-UCR também tinha interesse no jogador.

A multa para clubes brasileiros, que era de R$ 3,4 milhões, aumentou e é proporcional ao novo salário. Por outro lado, a quantia para o exterior não foi revelada.

Leia também: Golaço de Andreas Pereira vira notícia em imprensa inglesa: ‘What a strike’

Investimento do Flamengo na base

Brasileirão sub-17: confira todas as partidas dao Flamengo na Primeira Fase e destaques
Base do Flamengo está na final do Brasileirão sub-17, na qual pega o Vasco
- Advertisement -

O Flamengo vive um de seus melhores momentos na história. Multicampeão nos últimos anos, o Rubro-Negro também deve parte de seu sucesso aos garotos revelados nas categorias de base, no entanto, isto não seria possível se o clube não investisse tanto em suas promessas.

De acordo com o demonstrativo financeiro do Flamengo, publicado no decorrer desta semana, o salto no investimento na formação de atletas só cresce desde 2013. Embora 2020 tenha sido um ano difícil por conta da pandemia ocasionada pela Covid-19, no ano passado o Rubro-Negro investiu R$ 53,1 milhões na pasta.

2013 – R$ 8,195 milhões
2014 – R$ 7,406 milhões
2015 – R$ 10,526 milhões
2016 – R$ 16,652 milhões
2017 – R$ 23,832 milhões
2018 – R$ 35,201 milhões
2019 – R$ 44,123 milhões
2020 – R$ 53,171 milhões

Ao todo, a quantia chegou na casa dos R$ 199 milhões.

Em carta publicada por Rodolfo Landim, o mandatário destacou o fato do clube ter conseguido driblar a crise econômica neste quesito.

“A crise econômica, portanto, não interrompeu nossas estratégias de fortalecimento da marca e aumento da competitividade; ao contrário, demos sequência aos planos de investimentos relacionados à modernização de nossas instalações (…) e qualificação técnica do nosso elenco de Futebol, não apenas pela aquisição e renovação contratual de atletas de ponta como também pelo investimento nas nossas categorias de base”.

Yago Martins no Twitter e Instagram

- Advertisement -

Precisamos do seu apoio para fazer o melhor site de jornalismo sobre o Flamengo. Clique AQUI e saiba como se tornar nosso apoiador!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here