Compartilhar:

Oito meses, uma Libertadores e um Brasileiro depois, o Flamengo reencontra Abel Braga, o técnico que garante que começou o trabalho que resultou no ano repleto de títulos da equipe rubro-negra — uma afirmação que causou espanto na torcida e na imprensa, considerado o quanto Jorge Jesus mudou e melhorou o desempenho do time após a saída de Abel. Agora no Vasco, porém, Abel não terá a oportunidade de enfrentar seu sucessor: o Flamengo que ele encontrará hoje, às 21h, no Maracanã, pela segunda rodada da Taça Guanabara, é a equipe alternativa comandada pelo técnico do sub-20, Mauricio Souza. Jesus estará em um camarote apenas assistindo à partida.

O Flamengo, que empatou na estreia com Macaé, terá o mesmo grupo disponível para o clássico. O atacante Thiago, contratado ao Náutico, ainda não foi regularizado. Já os também atacantes Guilherme Bala e Thiago Santos, lesionados, também são desfalques. Titular na estreia, o meia Luiz Henrique foi negociado com o Fortaleza, mas só se apresentará ao novo clube após a Taça Guanabara.

Já o Vasco tem o elenco principal à disposição, mas, segundo Abel, nenhum dos titulares que entraram em campo na estreia contra o Bangu vai jogar contra o Flamengo. O técnico alegou problemas de calendário e da curta pré-temporada, mas o comentarista Ricardo Martins, do Esporte Interativo, acusou o treinador de estar com medo de “tomar pancada do Flamengo sub-23“.

O Flamengo reencontra Abel defendendo uma invencibilidade de 14 partidas contra o Vasco, a maior do clube na história do clássico. Foram 5 vitórias e 9 empates desde a última derrota, em 2016.

O jogo não será televisionado, já que Flamengo e Globo não chegaram a um acordo para renovação do contrato de direitos de transmissão do Carioca. O torcedor rubro-negro que quiser ver a partida terá que ir ao Maracanã, mas como o mando é do Vasco, não terá à disposição a facilidade habitual na compra de ingressos. Hoje, só será possível comprar ingresso na Gávea até as 15h, e, após esse horário, somente no Maracanã. Os ingressos custam R$ 80 para o torcedor comum e R$ 32 para o sócio-torcedor, no Setor Norte, e R$ 100 e R$ 40, respectivamente, no setor Leste (misto).

Compartilhar: