Compartilhar:

Marcos Braz e Eduardo Maluf se encontraram na noite da última terça-feira e questão financeira continua sendo o maior entrave para o acordo

MRN Informação | Thiago Porto – Twitter: @ThiagoPortin

O contrato de Diego Alves chega ao fim em dezembro de 2020 e o Flamengo segue tentando a renovação. No dia em que o goleiro voltou a ser relacionado para uma partida, após ficar 42 dias fora dos gramados por causa de uma lesão no ombro, o vice de futebol Marcos Braz reuniu-se com o empresário do atleta, Eduardo Maluf, para discutir mais uma vez os termos do acordo.

As duas partes tem boa relação e isso é um ponto positivo, mas não foi dessa vez que o acerto saiu. O principal entrave é a pedida salarial do jogador, que o clube considera muito alta. A única coisa que já é certa é o tempo de contrato: mais duas temporadas. As conversas devem se estender nas próximas semanas e a diretoria rubro-negra pode levar a negociação até os últimos momentos. “Gelo no sangue”, como costuma dizer Marcos Braz, que adotou a tática nas renovações de Gabigol, Filipe Luís, Rafinha e Jorge Jesus (os dois últimos não estão mais no clube).

Um dos capitães do Flamengo, o goleiro é ídolo da torcida e teve participação fundamental na conquista dos títulos recentes do clube, principalmente na Libertadores, onde pegou pênaltis nas oitavas-de-final contra o Emelec e foi decisivo nos mata-matas.

Diego Alves deve voltar ao time titular na partida contra o Red Bull Bragantino, nesta quinta-feira, às 20h, no Maracanã, pela 16ª rodada do Brasileirão.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.

Compartilhar: