Compartilhar:

Comandado por Abel Braga, Fla perdeu por 2 a 1 com um jogador a mais

Há cinco meses atrás, na quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo em crise enfrentava o Atlético-MG com sete pontos conquistados. Na época, o rubro-negro vivia momentos de turbulência com a torcida pedindo a saída de Abel Braga.

Com um jogador a mais desde o fim do primeiro tempo, a equipe acabou sendo derrotada no Independência por 2 a 1 e não figurava nem no G-6 (era o sétimo). Hoje, vive um momento completamente oposto.

Embalado após a chegada de Jorge Jesus, o rubro-negro é líder da competição com 52 pontos. Cinco a mais de que Santos e Palmeiras, vice-líder e terceiro colocado, respectivamente.

São 16 vitórias em 23 jogos. Nos últimos 30 pontos disputados, o Fla conquistou 28 (9 vitórias e 1 empate). Outro recorde que o rubro-negro bateu, foi o do Cruzeiro em 2003 e Corinthians em 2017.

Após a vitória contra a Chapecoense na última rodada, o Flamengo chegou aos seus 52 pontos, sendo a primeira equipe na história do Brasileirão dos pontos corridos, a conseguir este feito em 23 rodadas.

Nesta quinta, às 20h no Maracanã, o Fla reencontra o Galo e tem a chance de abrir 8 pontos de vantagem para o segundo colocado.

Pendurados: Bruno Henrique, Everton Ribeiro, Pablo Marí, Piris da Motta, Rafinha e Willian Arão.

A tendência é que Jesus mande a campo a seguinte equipe:

Diego Alves, Rafinha, Pablo Marí, Thuler, Renê, Arão, Gerson, Everton Ribeiro, Reinier, Vitinho e Bruno Henrique.

Compartilhar: