29.1 C
Rio de Janeiro
terça-feira, janeiro 26, 2021

Flamengo tem prejuízo milionário com estádios vazios; veja os números

Bruno Guedes
Jornalista e Historiador, é apaixonado por futebol bem jogado. Já atuou na Rádio Roquette Pinto e como colunista no Goal.com.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Os cálculos são referentes até a última rodada do Brasileirão, realizada no final de dezembro de 2020

MRN Informação | Bruno Guedes – Twitter: @eubrguedes

Não foram apenas as eliminações nas Copas do Brasil e Libertadores que levaram prejuízos aos cofres rubro-negros em 2020. A ausência de público causada pela pandemia do coronavírus também. De acordo com documentos enviados à CBF e que o jornalista Daniel Lavieri, do portal ‘UOL’, teve acesso, o Flamengo foi o segundo mais prejudicado.

Segundo o levantamento, os clubes da Série A tiveram uma despesa de R$ 21 milhões no período. Entretanto, não pôde ser coberta com as receitas de bilheteria ou mesmo receitas indiretas dessa condição como, por exemplo, a venda de alimentos e bebidas na parte interna dos estádios.

LEIA MAIS

Mauro Cézar defende reformulação no time titular do Flamengo

Flamengo tem quase um time de pendurados contra o Ceará; veja lista

Lateral-direito da Seleção Colombiana é oferecido ao Flamengo

Sem o público, Flamengo e Fluminense, responsáveis pela gestão do Maracanã, acumularam mais de R$ 5 milhões de prejuízo somado. Assim, o Rubro-Negro alcançou um déficit de R$ 2.447.223,64 com as despesas. Os cálculos são referentes até a última rodada do Brasileirão, realizada no final de dezembro de 2020.

De acordo com o orçamento para 2021 divulgado pelo clube, a previsão de volta do torcedor às arquibancadas seria abril. Entretanto, não há qualquer perspectiva para isso acontecer até o momento. A CBF também não se manifestou sobre o assunto após a reunião realizada em setembro com os clubes.

VEJA O RANKING COM O PREJUÍZO DOS CLUBES

1º Fluminense: R$ 2.627.096,19
2º Flamengo: R$ 2.447.223,64
3º Atlético-MG: R$ 1.442.015,44
4º Botafogo: R$ 1.334.579,16
5º Palmeiras: R$ 1.120.313,13
6º – Vasco: R$ 1.096.343,73
7º Bahia: R$ 937.659,97
8º Ceará: R$ 929.596,41
9º Fortaleza: R$ 901.648,12
10º Santos: R$ 852.249,22
11º São Paulo: R$ 851.764,11
12º Sport: R$ 830.666,91
13º Coritiba: R$ 809.141,55
14º Internacional: R$ 801.512,72
15º Grêmio: R$ 788.737,00
16º Corinthians: R$ 762.457,68
17º Red Bull Bragantino: R$ 687.872,05
18º Athletico: R$ 599.672,24
19º Atlético-GO: R$ 582.090,38
20º Goiás: R$ 573.726,95

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs