Flamengo vence o Bauru e se classifica para a final da Copa Super 8

Rafael Sacharny
Jornalista carioca formado pela FACHA, 25 anos e pós-graduando em Jornalismo Esportivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

No ginásio Antonio Prado Jr., o Flamengo conseguiu a vitória por 72 a 65, com o brilho de Marquinhos e Balbi nos momentos decisivos, e se classificou para a final da Copa Super 8

Em uma partida de muita igualdade, Flamengo e Bauru fizeram uma grande semifinal nesta terça-feira, 19. No ginásio Antonio Prado Jr., o Flamengo conseguiu a vitória por 72 a 65, com o brilho de Marquinhos e Balbi nos momentos decisivos, e se classificou para a final da Copa Super 8. O torneio eliminatório reúne os oito melhores colocados do primeiro turno do NBB.

O adversário do Rubro-Negro na decisão sairá do confronto entre Minas e São Paulo, que acontece também nesta noite de terça-feira. A partida do possível bicampeonato será neste sábado, 23, às 16h, com transmissão simultânea nos canais TV Cultura, ESPN e DAZN.

– Jogo disputado como tem que ser. A gente sabia que não ia ser fácil, a quadra escorregadia dificultou ainda mais. A gente não teve um grande aproveitamento, mas na hora que precisava colocamos para dentro. O volume de rebotes ofensivos também fez a diferença para sempre ter uma segunda chance – explicou Marquinhos logo após a vitória.

– Esse elenco foi montado para disputar e ganhar títulos. A gente tem que ter a leitura boa e saber fazer o que o jogo está pedindo. Se doar o máximo. Quando as coisas não acontecem no talento, às vezes tem que ser na marra e no coração, como essa camisa pede e foi assim hoje – completou o ala.

Destaques do Flamengo

  • Hettsheimeir – 14 pontos e 8 rebotes
  • Franco Balbi – 13 pontos
  • Marquinhos – 12 pontos
  • Olivinha – 10 pontos e 7 rebotes
flamengo
Franco Balbi começou a partida no banco de reservas mas foi importante para a vitória rubro-negra.

O jogo

Primeiro tempo

1º quarto – Gabriel Jaú, do Bauru, fez os primeiros dois pontos da partida, mas logo em seguida Yago acertou uma de três para o Flamengo e com isso as equipes já mostraram a intensidade e volume prometidos pelos treinadores. Assim como no 1º turno, Rafael Hettsheimeir começou a partida com as mãos quentes, sendo assim o maior pontuador do Mengão.

No entanto, apenas o pivô foi se destacou e o time sentiu a falta da presença efetiva de jogadores importantes como Olivinha e Marquinhos. Só para ilustrar, no primeiro quarto, o Rubro-Negro marcou pontos apenas com Hett (10), Yago (6), Olivinha (1) e Demétrio (1). Enquanto isso, Larry Taylor (8 pontos) e Alex (7) lideraram a equipe paulista para vencer a parcial por 21 a 18.

2º quarto – Depois de sair em desvantagem, Marquinhos tentou chamar mais o jogo para si e acertou uma bola de três logo no começo do período. Da mesma maneira, Leo Demétrio saiu do banco e mostrou qualidade nos dois lados da quadra. Com duas cestas em sequência, o pivô colocou o Flamengo na frente e o Bauru foi forçado a pedir um tempo. A partir daí, o time da Gávea até melhorou o aproveitamento, mas apesar de abrir uma pequena vantagem, falhas na defesa fizeram o jogo ficar empatado novamente.

E os times seguiram muito equilibrados até o final do primeiro tempo. Nos últimos minutos antes do intervalo, o Bauru passou à frente mais uma vez com pontos de Jaú e Dikembe. Porém, Olivinha, mais eficiente neste período, empatou o placar e os times foram para o intervalo em igualdade: 35 a 35.

Segundo tempo

3º quarto – A volta para a segunda metade também foi de muito equilíbrio. Do lado rubro-negro, Chuzito, destaque na última partida mas apagado até aquele momento, conseguiu uma bola de três e uma assistência que deixaram o Flamengo na frente. Contudo, Alex, Jaú e Gui Deodato mantiveram o Bauru próximo do placar.

O Dragão forçou muito a marcação, buscou aproveitar os contra-ataques e desse modo foi bem. Mas já no fim do quarto a sua defesa demonstrou o cansaço. Ao mesmo tempo o Flamengo apresentou suas armas, sobretudo o arremesso do perímetro e o ritmo alto em transição. Marquinhos com duas bolas de três, e Balbi com uma, colocaram o Flamengo com seis pontos de vantagem. Olivinha marcou mais dois depois de um rebote ofensivo, vibrou bastante, e a liderança no placar então se consolidou. Ao fim do quarto, com vitória rubro-negra, o marcador estava em 55 a 47.

4º quarto – Para começar o período derradeiro, Marquinhos acertou novamente do perímetro e deixou o Flamengo ainda mais em vantagem. Embora tivesse mais tranquilidade com o placar favorável, o time carioca se desconcentrou, cometeu erros e viu o Bauru virar com uma sequência de onze pontos seguidos.

Logo após, Balbi acertou duas de fora, colocou o Flamengo de volta, e assim o jogo ganhou emoção. Com pouco mais de quatro minutos para o término, Hettsheimeir acertou dois lances livres importantes e o Flamengo ficou na frente (66 a 63). Em seguida, Balbi também aproveitou os arremessos livres e a vantagem aumentou para cinco pontos. Na volta do tempo técnico, Larry Taylor acertou a cesta de dois pontos, mas Olivinha nos segundos finais praticamente selou a vitória suada. Balbi ainda meteu mais dois lances livres e o Flamengo assim pode comemorar a classificação: 72 a 65.

Confira o chaveamento do Super 8

QUARTAS DE FINAL

DATA/HORAJOGOONDE ASSISTIR
Sexta-feira (15) – 16hMinas 96 x 71 MogiDAZN
Sexta-feira (15) – 19hSão Paulo 78 x 65 PaulistanoESPN e DAZN 
Sábado (16) – 13hBauru 69 x 61 FortalezaDAZN
Sábado (16) – 16hFlamengo 90 x 79 Sesi Franca TV Cultura e DAZN 

SEMIFINAIS

DATA/HORAJOGOONDE ASSISTIR
Terça-feira (19) – 17hFlamengo 72 x 65 BauruDAZN
Terça-feira (19) – 20hMinas x São PauloESPN e DAZN 

FINAL

DATA/HORAJOGOONDE ASSISTIR
Sábado (23) – 16hVencedor semifinal 1 x Vencedor semifinal 2TV Cultura, ESPN e DAZN

flamengo
Depois de um duplo-duplo contra o Franca, Olivinha foi mais uma vez um dos destaques do Flamengo na partida.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs