Compartilhar:

Lucas Tinôco, do MRN Informação

Pela primeira vez em sua história o Flamengo conquistou a Recopa Sul-Americana. Após empate no jogo de ida, o Mais Querido fez valer o mando de campo e venceu o Independiente del Valle frente aos quase 70 mil torcedores no Maracanã.

O primeiro gol da partida saiu dos pés do artilheiro Gabigol. Após recuo equivocado do zagueiro Segovia, a bola bateu no travessou e sobrou para o camisa 9 que, livre, empurrou para as redes.

A alegria rubro-negro tomou ares de desespero quando, quatro minutos após o gol, Willian Arão acertou uma entrada feia no adversário e acabou expulso após o VAR revisar o lance. Com um a menos, Pedro deu lugar a Thiago Maia e, ao contrário do esperado, o Flamengo não baixou o ritmo e o jogo ofensivo.

Se mantendo em cima, chegou a ter algumas chances não aproveitadas. O mesmo aconteceu com os equatorianos e, em um dos principais lances ainda no início da etapa final, Diego Alves fez defesa milagrosa cara a cara com Caicedo.

Aos 62 minutos, Gabigol fez bela jogada individual, cruzou e a bola sobrou para Gerson ampliar o marcador a favor do Mengão.

Como de praxe desde a chegada de Jorge Jesus, o Flamengo seguiu com a guarda alta e ainda teve boas chances de fazer o terceiro e até quarto gols na partida, parando no goleiro Jorge Pinos. Aos 85 minutos ainda houve tempo para Cabezas ser expulso após solada dura em Léo Pereira, também revisado pelo VAR.

Com 10 vs. 10, o Mengão ainda marcou o terceiro, novamente com Gerson, após recuperação da bola, ligação rápida entre Michael e Gabigol que, de primeira, acionou Vitinho. O camisa 11 não foi fominha e passou para o artilheiro da noite bater colocado e fechar o caixão.

Título histórico

Essa é a primeira vez que o Flamengo conquista a competição, justamente na sua primeira oportunidade. Nunca uma equipe do Rio de Janeiro conseguiu o feito tendo o Botafogo, em 1994, ficado com a medalha de prata.

O título do rubro-negro ainda ampliou a soberania brasileira no torneio, que conquistou a Recopa pela 11ª vez, contra 9 vitórias argentinas.

Maior campeão no país

A Recopa também fez do Flamengo o time mais vencedor do país, se igualando ao São Paulo com 18 títulos (1 Mundial, 2 Libertadores, 7 Brasileiros, 1 Supercopa do Brasil, 3 Copas do Brasil, 1 Mercosul, 1 Recopa Sul-Americana, 1 Copa Ouro Conmebol, 1 Copa dos Campeões).

Compartilhar: