25.2 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, novembro 30, 2020

Flamengo vence o Minas com tranquilidade na partida de abertura do Novo Basquete Brasil

Rafael Sacharny
Jornalista carioca formado pela FACHA, 25 anos e pós-graduando em Jornalismo Esportivo.

Maior campeão da história do NBB, o Flamengo estreou na 13ª edição da competição nesta terça-feira (10)

Para começar bem a nova temporada, o Flamengo conseguiu a vitória contra o Minas por 102 a 68, no Maracanãzinho. O Rubro-Negro busca aumentar a hegemonia vencendo o seu 7º título do NBB e, além disso, também deixar de lado a derrota na decisão da Champions League.

Assim, o Mais Querido já tem pela frente mais dois confrontos em casa no decorrer da semana. As próximas partidas são contra o Fortaleza/Basquete Cearense na quinta-feira (12), às 18h, e Unifacisa no sábado (14), às 20h.

Flamengo

Jogo

O time do Flamengo começou a partida com: Franco Balbi, Chuzito, Marquinhos, Olivinha e Rafael Mineiro. No início, o jogo mostrou um equilíbrio entre as equipes que não se veria mais nos outros períodos. O Minas conseguiu controlar o ritmo, fez uma boa defesa e por isso empatou com o Flamengo no primeiro quarto (25 a 25). JP Batista, Davi e Parodi foram os maiores pontuadores do adversário nos primeiros minutos, enquanto Marquinhos com onze pontos foi o destaque rubro-negro no período. 

No segundo quarto, o Flamengo manteve o ritmo defensivo e sobretudo melhorou seu ataque. Rebotes ofensivo foram pegos com mais facilidade e assim mais oportunidades de arremessos surgiram. A entrada de Yago para rodar mais a bola e distribuir assistências foi fundamental, assim como as cestas de três de Chuzito e Marquinhos. Já o Minas sentiu a falta de entrosamento e um pouco de desgaste físico nos principais jogadores. Sem grande fartura no elenco como é o Flamengo, o visitante não aguentou a pressão e foi para o intervalo com larga desvantagem: 59 a 40. 

Na volta do vestiário, o Flamengo seguiu muito forte nos dois lados da quadra. Já no início do período, Gustavo de Conti colocou em quadra Yago Mateus e Franco Balbi juntos na armação e, dessa forma, não deixou cair a intensidade. A equipe também se aproveitou bem dos erros do Minas e com muita tranquilidade aumentou a distância no placar: 78 a 47. 

Por fim, o quarto período contou com Yago ainda mais inspirado para comandar as jogadas, sendo agressivo e acertando novamente as bolas de três. O Rubro-Negro não se acomodou com a larga vantagem, Gustavinho ainda colocou os garotos do elenco em quadra e a primeira vitória do Flamengo foi confirmada.

Destaques

  • Balbi – 11 pontos e 6 assistências
  • Yago – 8 pontos e 12 assistências
  • Hettsheimeir -15 pontos
  • Marquinhos – 16 pontos
  • Chuzito – 13 pontos
  • Léo Demétrio – 13 pontos

*Crédito das imagens: Marcelo Cortes – CRF

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Leia também

Notícias do Flamengo

Os 7 jogadores que mais vestiram a camisa do Flamengo

O MRN traz abaixo uma lista com os atletas que mais entraram em campo vestindo a camisa do Flamengo. Todos os detalhes na matéria do site

A história do Flamengo contada em 366 capítulos: ‘Hoje é dia de Flamengo’ é leitura imprescindível

A história do Flamengo em mil registros e 366 capítulos: "Hoje é dia de Flamengo" é o novo livro licenciado pelo clube

Jorge Jesus detona FIFA em lista de melhores técnicos e revela para quem torcerá

Lembrando o Mundial de Clubes, o ex-técnico do Flamengo, Jorge Jesus, não fez média e detonou a FIFA por tê-lo deixado de fora

Tia Zezé se despede do Flamengo após 32 anos e recebe homenagem

Funcionária se despede do Flamengo após 32 anos e recebe homenagem

”O jogo contra o Flamengo começa hoje”, diz Barroca em apresentação

Flamengo e Botafogo irão se enfrentar no dia 5 de dezembro. Todos os detalhes você encontra na matéria do site Mundo Rubro Negro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs

23 de Novembro de 2019. Lima. Peru. Um ano da Glória Eterna

O Flamengo é o que não se explica. Há um ano, a América voltava a ser pintada de vermelho e preto, em um roteiro digno de cinema

Voamos todos na parábola de Diego

Sempre temi o destino de ser um morto soprado de inveja nas bancadas da eternidade, ressentido por um auge tardio do Flamengo

23 de Novembro ficou marcado na história rubro-negra

Nem a vitória parcial do River tirou a certeza de que aquele dia seria abençoado, afinal foi no mesmo dia 23 de novembro

O Flamengo existe porque a vida não basta

Cada um viu um filme diferente. De alguma forma, porém, todos aqueles filmes eram o mesmo. O mosaico do que é ser Flamengo

Quatro marcados, cinco perdidos: o “Pênalti para o Flamengo!” assusta em 2020

Vitinho perde o 5º pênalti do Flamengo em 2020; na temporada, o aproveitamento do clube carioca em cobranças de pênalti é inferior a 50%