Compartilhar:

Em entrevista ao canal oficial do Flamengo no último sábado (06), o governador do estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, assegurou que o Maracanã terá de volta a ”geral”, setor popular do estádio que foi abolido há 15 anos. A ideia é que cadeiras dos degraus inferiores da arquibancada sejam retiradas novamente.

O último jogo com os ”geraldinos” foi em 24 de abril de 2005. Na ocasião, o Fluminense venceu o São Paulo por 2 a 1.

O Maracanã nessa nova configuração terá de volta a “geralzona”, o geraldino vai estar de volta ao estádio. Já está no projeto de legislação, e quem ganhar vai ter que colocar a geral, pois foi uma proposta que assinei na Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro). Nosso geraldino vai voltar”.

Atualmente, o Maracanã é gerido por uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) com Flamengo e Fluminense, e em novembro está prevista uma nova licitação, que dará ao vencedor o direito de administrar o estádio pelos próximos 35 anos.

Créditos de imagem destacada: Reprodução

Compartilhar: