Após Paquetá, Flamengo dá um salto e já é o segundo que mais arrecadou com venda de revelações

Lucas Tinoco
Baiano, 22 anos e estudante de jornalismo. Sócio-Torcedor Off-Rio e acima de tudo rubro-negro! Twitter: @lucastinocof

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

O Flamengo acertou a venda de Lucas Paquetá, a terceira joia vendida pelo clube em pouco mais de um ano. Os valores da nova transferência, que giram em torno dos 35 milhões de euros (+ bonificações), levou o clube aos 102,9 milhões arrecadados com a negociação de atletas da base e colocou o time em 2º no ranking que conta desde 2012.

Matéria publicada no UOL, feita pelo jornalista Dassler Marques, levantou que clubes brasileiros ao todo lucraram cerca de 2 bilhões. Naquela ocasião (início de 2017), o Santos liderava com 152,9 milhões de euros, seguido de São Paulo (80,6), Internacional (47,6), Fluminense (47) e Atlético-MG (42,9). A base para os valores das transações foi o site “Transfermarkt”, especialista no assunto.

Desde a publicação da matéria, muita coisa mudou. De lá pra cá, além de Paquetá, o Flamengo lucrou 45 milhões de euros com Vinícius Júnior e mais 5 milhões com a saída de Felipe Vizeu para a Udinese. Naquele período, o Flamengo era apenas o 11º time que melhor vendia atletas da base desde 2012 (Jorge, Diego Maurício, Caio Rangel e Samir).

A soma atual, eleva a arrecadação de 17,9 milhões de euros para 102,9 milhões, quase 6x mais. A nova conta coloca o Flamengo na segunda colocação no ranking, ultrapassando, além dos já citados, Grêmio, Palmeiras, Cruzeiro, Botafogo e Atlético-PR, e ficando atrás apenas do Santos (211,9 milhões de euros).

Confira o ranking atualizado:

1 – Santos: 211,9 milhões de euros (se manteve);

2 – Flamengo: 102,9 milhões de euros (subiu nove posições);

3 – São Paulo: 85,6 milhões de euros (caiu uma posição);

4 – Grêmio: 71,9 milhões de euros (subiu duas posições);

5 – Fluminense: 55,5 milhões de euros (caiu uma posição);

6 – Internacional: 52,6 milhões de euros (caiu três posições);

7 – Vasco: 48,5 milhões de euros (subiu seis posições);

8 – Palmeiras: 44 milhões de euros (caiu uma posição);

9 – Atlético-MG: 43,8 milhões de euros (caiu quatro posições);

10 – Corinthians: 35 milhões de euros (subiu duas posições);

11 – Cruzeiro: 32,7 milhões de euros (caiu três posições);

12 – Atlético-PR: 29,5 milhões de euros (caiu duas posições);

13 – Botafogo: 22,8 milhões de euros (caiu quatro posições);

14 – Bahia: 15,1 milhões de euros (se manteve).


Foto destacada: Gilvan de Souza/ Divulgação

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

Inscreva-se no canal no Youtube e acompanhe os programas MRN Live, o MRN Entrevista e muito mais! > bit.ly/canaltvmrn

Leia também

Indignado com árbitro, Diego participa de julgamento no STJD e é absolvido

Flamengo divulga parcial de vendas para o clássico

De onde menos se espera, é daí mesmo que não vem nada

Os sinais surgem onde e quando menos se espera

Corinthians e Flamengo/Marinha decidem vaga na final do Brasileiro Feminino

Histórica frase de Petkovic na campanha do hexa completa nove anos

Com saída de Lucas Paquetá, Flamengo corre risco de repetir “geração perdida”

Mauro Cézar Pereira comenta venda de Paquetá: ‘Prioridade do Fla de Bandeira não é ser campeão’

Milan se acerta com o Flamengo e aguarda exames para anunciar Paquetá

Notícias do Flamengo

Blogs