Compartilhar:

Nesta segunda-feira, (25/06), o Flamengo postou em seu canal no Youtube mais um “Papo Virtual”, cujo quadro consiste em uma conversa com profissionais e pessoas que estão ligadas ao clube. No programa dessa semana a conversa foi feita com Fernando Truyts, Gabriela Espinhoza (assistentes sociais) e Patrícia Negreiros (pedagoga).

Nesta entrevista, foram abordados diversos assuntos relacionados ao desenvolvimento dos atletas fora das quatro linhas, como afirmou Patrícia: “Diante do cenário esportivo educacional no Brasil atual, revela um grande desafio que nós temos, que é muito maior do que fazer acompanhamento pedagógico escolar, é incentivar realmente esses meninos a buscar conhecimento, ter alegria no aprender, transformar esses meninos em cidadãos pensantes, críticos”.

Veja também: Podcast CRF & ETC: A responsabilidade social dos clubes de futebol

Essa conversa visou mostrar as atitudes e cuidados que o Flamengo tem com seus atletas principalmente nas categorias de base, buscando conhecer a realidade destes jovens, desde o convívio familiar até em suas relações interpessoais, prevenção DST’s, busca pela saúde mental, entre outras atitudes, tomando as devidas providências caso se torne necessária uma possível intervenção, explicou o assistente social Fernando Truyts.

Outro assunto abordado na entrevista foi em relação aos atletas que vivem no Ninho do Urubu: “ Nós somos a família deles nesse momento, é extremamente importante fazer o controle, para que eles se sintam como se estivessem em casa, tendo controle sobre os horários de entrada e saída desses meninos”, explica Negreiros, em outro momento do papo, além de esclarecer que no local em que eles residem são disponibilizados o que é necessário para o bem-estar, como a tão utilizada internet.

Porém, o Flamengo também quer aproximar o menino de sua família, gerando assim um elo entre as partes, para que mesmo com o jogador morando no Ninho, longe de sua família, a responsabilidade e autorização dos pais para realização de atividades extracampo são primordiais e muito respeitadas pela instituição do Mais Querido.

A entrevista na íntegra pode ser vista acima ou, claro, no canal da FlaTV.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Reprodução / FlaTV

Compartilhar: