Flamengo vence Goiás; veja quantos pontos faltam para garantir G-4

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Flamengo precisa vencer quatro e empatar dois jogos para se garantir na fase de grupos da Liberta

MRN Informação | Yago Martins – Twitter: @YagoM23

Na noite desta segunda-feira, 18, na Serrinha, o Flamengo visitou o Goiás e venceu por 3 a 0 com gols de Arrascaeta, Gabigol e Pedro. Com o resultado, o rubro-negro chegou aos 52 pontos e voltou a quarta colocação no Brasileirão.

O MRN aproveitou e fez um levantamento de quantos pontos o clube da Gávea necessita para se classificar para a fase de grupos da Copa Conmebol Libertadores de 2021. Desde 2016, o Brasileirão põe seis clubes na Libertadores. No entanto, apenas os quatro primeiros colocados já estão na fase de grupos da competição continental. Nas últimas quatro edições, o Grêmio fechou o G-4 em três oportunidades: 2017 (62 pontos), 2018 (66 pontos) e 2019 (65 pontos). O Atlético-MG em 2016 foi o quarto com 62 pontos.

Para se garantir na fase de grupos da Liberta, a equipe de Rogério Ceni precisa conquistar 14 pontos até o término do torneio nacional. O Fla chegaria aos 66, pontuação que classificou todas as equipes para a Libertadores sem jogar os playoffs – pré.

LEIA TAMBÉM

Borré é oferecido ao Flamengo, mas lado financeiro pesa; veja os valores

Saiba o valor que o Flamengo não arrecadará se ficar fora da Libertadores

O jogo

Escalações:

Flamengo: Hugo Souza; Maurício Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão, Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol

Goiás: Tadeu; David, Sanches e Heron; Shaylon, Jeferson, Breno, Ariel Cabral e Douglas Baggio; Fernandão e Rafael Moura

A partida começou com muita chuva em Goiânia, e o gramado apresentava muitas poças d’água. O primeiro lance com emoção só aconteceu aos 15 minutos: Bruno Henrique foi lançado na esquerda, colocou na frente e fez o zagueiro do Goiás aplicar uma forte carrinho na entrada da área. O banco do Flamengo foi à loucura, no entanto, a irregularidade foi fora da área e nada o árbitro marcou. Aos 19, Gabigol fez um gol de voleio, porém estava em posição irregular e o lance foi anulado. No minuto seguinte, veio a oficial primeira finalização do Flamengo na partida: Bruno Henrique tocou de cabeça e Arrascaeta chutou sem direção para fora.

Aos 21, outro gol anulado de Gabigol: Everton Ribeiro tocou de cabeça, e o camisa 9 finalizou à frente do último marcador: seguiu 0 a 0. Na reta final da primeira etapa, a equipe rubro-negra cansou, mas o gol saiu aos 43: Diego rola no meio, e Arrascaeta de canhota abre o placar: 1 a 0 Flamengo. E assim terminou os primeiros 45 minutos.

Na etapa complementar, Rogério Ceni não mexeu na equipe, e aos 14 minutos, Everton Ribeiro quase ampliou após uma triangulação entre Arrascaeta e Bruno Henrique, e o gol saiu aos 16: Bruno Henrique ganhou na velocidade e só tocou para Gabigol ampliar: 2 a 0 Flamengo.

Aos 22, Ceni sacou Bruno Henrique e Gabigol para as entradas de Michael e Pedro. No minuto 30, foi a vez de Everton Ribeiro e Filipe Luís saírem para dar lugar ao Vitinho e Renê. Aos 37, Arrascaeta saiu e deu lugar ao volante João Gomes. No minuto 47, Michael teve a chance de ampliar, porém a bola explodiu na zaga adversária. No último lance, Pedro marcou o terceiro após falha da zaga do Goiás: 3 a 0 Flamengo.

Notícias do Flamengo

Blogs