27.5 C
Rio de Janeiro
terça-feira, novembro 24, 2020

Notas e análises individuais de Internacional 2×2 Flamengo

No confronto dos líderes do Brasileirão, Flamengo faz grande segundo tempo contra o Internacional no Beira-Rio

Notas atribuídas por torcedores da comunidade MRN – Pensar Flamengo

Leia as análises individuais e notas dos jogadores concedidas pelo time de colaboradores do MRN:

Hugo: Sem culpa nos gols que foram entregues pelos seus companheiros. Fez algumas defesas difíceis, mas tem que melhorar sua reposição de bola. Nota: 6,5.
Por: Ivo Júnior – Twitter: @Ivofsjr

Isla: Falhou feio no lance do primeiro gol do time colorado. Poderia rifar e evitar perder a bola, mas preferiu prendê-la e dar de presente para o time adversário. Ainda no primeiro tempo, teve seu ponto positivo no passe para o gol de empate, feito por Pedro. No segundo tempo, teve um desempenho melhor com bom apoio no ataque e deixando poucos espaços em seu lado de campo. O lance do gol prejudicou bastante sua nota, ainda mais em um jogo tão decisivo. Tirando isso, não foi uma atuação tão trágica e tentou se recompor no jogo. Nota: 5,0.
Por: João Victor – Twitter: @jonvcrf

Gustavo Henrique: Fez uma jogada bisonha que resultou no 2º gol do Inter. Inadmissível, principalmente em um jogo tão significativo. Teve a chance da redenção aos 46 min com uma cabeçada, mas mandou pra fora. Erros capitais dessa forma podem comprometer um campeonato. Nota: 3.0.
Por: Danton Freitas

Natan: Jogou bem demais. Antecipou jogadas, teve recuperação de velocidade e não participou das lambanças da zaga. Tem um grande futuro. Nota: 7,0.
Por: Ricardo Bitencourt – Instagram: @drbitenco

Filipe Luís: Não conseguiu criar tantas jogadas como de costume. A forte marcação individual feita em cima dele dificultou suas ações ofensivas durante o 1⁰ tempo. No 2⁰ tempo conseguiu ser mais participativo, porém, com pouca efetividade. Foi uma partida bem abaixo do lateral, interferindo diretamente na dificuldade de criação de jogadas de impacto pelo lado esquerdo durante grande parte do jogo. Nota: 6,0.
Por: Ighor Lopes – Twitter: @ighorlps

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Willian Arão: Mais uma boa partida. Lutou muito e não teve culpa em nenhuma das duas lambanças nos gols do Inter. Nota: 6,0.
Por: Welson Alves – Twitter: @welsonfla

Thiago Maia: Partida muito abaixo do meia rubro-negro. No primeiro tempo não se encontrou em campo, errando em jogadas bobas e na marcação. Segundo tempo se achou um pouco mais, porém seguiu errando muito, algo que não é de praxe. Nota: 4,0.
Por: Rafael Albuquerque – Twitter: @R_Albuquerque01

🏵 Gerson: No primeiro tempo ficou preso na ponta esquerda por questões táticas. Aí veio o segundo tempo, aí veio o vapo. Existem jogadores que, ao vestir o manto sagrado, se transformam de uma maneira insuportável. É o caso do Gerson. Como não se apaixonar? O cara domina o meio campo, protege, passa, lança e toca. E ainda protegeu a cria Natan do jogador adversário falando: “Com ele não”. E ainda teve tempo pra uma assistência. Sim, sou muito, mais muito gado do GERSON. Nota 10,0.
Por: Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro04

Everton Ribeiro: Não fez um bom jogo. Estava errando domínios e giros que normalmente não erra. Mas, como dizia meu pai, craque não pode sair de campo. Bem posicionado, fez o gol de cabeça para empatar a partida. Nota: 6,5.
Por: Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Vitinho: Depois da boa partida do último domingo, passou longe de repetir a atuação. Jogou mal, de novo sem inspiração e transpiração. Criou quase nada e não foi bem na marcação, voltou ao “velho normal”. Deveria ter saído mais cedo. Nota: 4,0.
Lincoln: Entrou com pouco tempo e não teve tempo de fazer nada. Sem Nota.
Por: Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Pedro: Joga muita bola e mostrou isso fazendo um belíssimo gol. Infelizmente não conseguiu aproveitar a chance que teve de marcar o segundo, mas isso não diminui sua atuação. Foi essencial no nosso ataque e sobra muito no futebol brasileiro. Nota: 9,0.
Leo Pereira: Entrou no fim e mal participou da partida. Sem nota.
Por: Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Domènec Torrent: Não foi responsável pelo empate. O time foi bem armado e perdeu uma grande quantidade de gols. As ausências influenciaram bastante no placar, seu time merecia a vitória. Nota: 8,5.
Por: Willian Sian Herzog – Twitter: @willian_sian

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Marcelo Cortes / CRF

Leia também

Notícias do Flamengo

Torcedores do Botafogo caem em pegadinha de flamenguistas antes de jogo contra o Fortaleza

O que os botafoguenses não contavam é que tudo não passava de uma pegadinha de torcedores do Mengão

Gabigol com a camisa do Boca gera discussão acalorada em programa argentino; assista

Gabigol posou para tirar foto com a camisa do Boca nas dependências do clube. Todos os detalhes você encontra no site do Mundo Rubro Negro

Veja as escalações que Ceni pode utilizar para Racing x Flamengo

Ceni terá os retornos de Filipe Luís e Gabigol para escalar a equipe que enfrentará o Racing nesta quarta, às 21h30. Detalhes no MRN

Willian Arão revela treinos de Rogério Ceni e mudança em relação a Domènec

Willian Arão projetou jogo difícil contra o Racing, mas revelou que o Flamengo não pretende mudar o estilo e vai jogar de forma ofensiva

Cano dá dicas ao Racing e exalta Flamengo: ”Jogam em outro nível”

Em entrevista ao Diario Olé, atacante do Vasco elogiou o Flamengo. Todos os outros detalhes na matéria do site Mundo Rubro Negro

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs

23 de Novembro de 2019. Lima. Peru. Um ano da Glória Eterna

O Flamengo é o que não se explica. Há um ano, a América voltava a ser pintada de vermelho e preto, em um roteiro digno de cinema

Voamos todos na parábola de Diego

Sempre temi o destino de ser um morto soprado de inveja nas bancadas da eternidade, ressentido por um auge tardio do Flamengo

23 de Novembro ficou marcado na história rubro-negra

Nem a vitória parcial do River tirou a certeza de que aquele dia seria abençoado, afinal foi no mesmo dia 23 de novembro

O Flamengo existe porque a vida não basta

Cada um viu um filme diferente. De alguma forma, porém, todos aqueles filmes eram o mesmo. O mosaico do que é ser Flamengo

Quatro marcados, cinco perdidos: o “Pênalti para o Flamengo!” assusta em 2020

Vitinho perde o 5º pênalti do Flamengo em 2020; na temporada, o aproveitamento do clube carioca em cobranças de pênalti é inferior a 50%