Gabigol entra para a história do Brasileiro após dois gols contra o Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Jogo de domingo colocou Gabigol entre os 15 maiores artilheiros da era dos pontos corridos

MRN Informação | Yago Martins – Twitter: @YagoM23

Pedindo para ser chamado a partir de agora de Gabi, Gabigol foi fundamental na goleada do Flamengo frente ao Santos por 4 a 1. Ao marcar dois gols, o atacante assumiu a artilharia do clube na temporada ao lado de Pedro (20 gols), e entrou para a história do Brasileirão.

O centroavante rubro-negro agora está na lista dos 15 maiores artilheiros da era dos pontos corridos da história da competição. Confira abaixo o ranking.

1º – Fred – 149 gols

2º – Diego Souza – 114 gols

3º – Paulo Baier – 106 gols

4º – Alecsandro – 102 gols

5º – Wellington Paulista – 100 gols

6º – Borges – 99 gols

7º – Rafael Moura – 91 gols

8º – Luís Fabiano – 85 gols

9º – Roger – 83 gols

10º – Washington – 82 gols

11º – Souza – 77 gols

12º – André Lima – 75 gols

13º – Gabigol – 74 gols

Obina – 74 gols

Deivid – 74 gols

Leia também: ‘Decisão foi minha’, diz Ceni sobre Diego Alves capitão no lugar de Everton Ribeiro

O jogo

Escalações:

Flamengo: Diego Alves; Maurício Isla, Rodrigo Caio, Natan e Filipe Luís; João Gomes, Gerson, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol.

Santos: João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Alex e Wagner; Alisson, Sandry, Jean Mota e Tailson; Marcos Leonardo e Lucas Braga.

O Flamengo iniciou a partida tentando tomar conta do jogo, e logo aos quatro minutos, João Gomes recuperou a posse, a bola sobrou para Gabigol, que quase abriu o placar. Aos 17, Gabriel Barbosa teve outra boa chance após um lindo cruzamento de Arrascaeta, porém o camisa 9 errou a finalização. Dois minutos depois, foi a vez do uruguaio receber um bonito passe de Bruno Henrique na esquerda, mas finalizar para fora. Já no minuto 21, Gerson fez um lançamento para BH cabecear próximo à trave de João Paulo.

Aos 31 foi a vez do “Coringa” ter a chance de abrir o placar após um cruzamento de Bruno Henrique, porém de cabeça a bola passou próxima ao gol santista.

O gol do Flamengo saiu aos 41. Arrascaeta cruzou, Rodrigo Caio tocou de cabeça, Natan finalizou na trave e no rebote, Gerson abriu o placar: 1 a 0.

Na segunda etapa, Arrascaeta sofreu uma falta dentro da área e Gabigol de pênalti, fez o segundo gol aos 4 minutos: 2 a 0. O terceiro veio aos 12 minutos: Bruno Henrique cruzou, João Paulo espalmou e Filipe Luís no rebote ampliou: 3 a 0. Três minutos depois, Rogério Ceni promoveu a entrada de Pedro no lugar de Gerson. Virou goleada aos 25. Everton Ribeiro sofreu um novo pênalti, e novamente Gabigol bateu com tranquilidade para marcar: 4 a 0.

O Santos diminuiu aos 30. Madson cruzou na área e Bruninho cabeceou sem chances para Diego Alves: 4 a 1.

Aos 37, Pepê e Vitinho entraram no lugar de Bruno Henrique e Arrascaeta, e logo no primeiro toque na bola, o jovem meio-campista finalizou no travessão.

Na reta final, ainda deu tempo de Ceni chamar Pedro Rocha e Michael, que substituíram Gabigol e Everton Ribeiro.

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs