MRN+10: os últimos dez camisas 9 do Flamengo

O Mundo Rubro Negro traz um levantamento com os dez últimos jogadores que vestiram a camisa 9 do Flamengo.

MRN Informação | Paulo Oliveira – Twitter: @oliveira_paulo1

A lendária camisa 9 do Flamengo que já foi usada por grandes craques como Nunes, Gaúcho e mais recentemente Gabigol, já foi usada por diversos jogadores ao longo dos anos. Hoje, o MRN traz os últimos dez jogadores que carregaram o peso de vestir a 9 da Gávea.

2019 até 2021: Gabriel Barbosa

Créditos:
FutBol Productions

O atual centroavante e camisa nove do Flamengo, chegou em 2019 após ser artilheiro do Brasileirão pelo Santos. Gabigol também havia recém passado pela Europa mas sem muito brilho.

Gabriel passou os cinco primeiros jogos pelo Fla sem balançar as redes, o gol só veio na partida diante do Americano no dia 24 de fevereiro de 2019. Desde então, Gabigol empilhou gols com o manto sagrado, só em 2019, ano de sua estreia, o camisa nove marcou impressionantes 43 gols, desses 43, 25 foram só no Campeonato Brasileiro. Gabi terminou o ano mágico de 2019 como artilheiro do Brasileirão e da Libertadores.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
- Advertisement -

Na temporada 2020/21, o goleador sofreu com algumas lesões e desfalcou o time em algumas ocasiões mas, mesmo com os imprevisto, Gabriel continuou a balançar as redes. Atualmente, o camisa nove é o artilheiro do Flamengo na temporada junto com Pedro. Gabriel também chegou a marca de 66 gols pelo Fla, sendo assim, se tornou o segundo maior artilheiro do Rubro-Negro no século XXI.

2015 até 2018: Paolo Guerrero

Créditos: GP7FLA

Paolo Guerrero chegou ao Flamengo com status de craque. Após grande passagem pelo Corinthians, o peruano veio como a grande contratação de uma “nova era” rubro-negra. Tinha chegado a hora da reformulação financeira pela qual o clube passava, refletir em resultados no campo.

Guerrero já chegou caindo nas graças da torcida com o hit “acabou o câo , o Guerrero chegou!”. Em seus primeiros jogos Guerrero conseguiu marcar gols, porém, o peruano não conseguiu manter a boa fase e encerrou o ano de estreia pelo Flamengo com apenas 4 gols.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Nos anos seguintes, Paolo viveu altos e baixos até decidir deixar o Flamengo ao final de seu contrato em 2018. No dia 8 de agosto de 2018, acertou com o Internacional.

Guerrero conquistou apenas o Campeonato Carioca de 2017 pelo Flamengo e encerrou sua passagem com 43 gols.

Veja mais: Julgamento do STJD pode tirar Gabigol da reta final do Brasileirão

2014 até 2015: Alecsandro

Créditos: Boleiragem Gols

Alecsandro chegou ao Flamengo em 2014 para reforçar o elenco recém campeão da Copa do Brasil. No início, Alecsandro usava a camisa 19 mas, após a saída de Hernane, o ‘AlecGol’ passou a utilizar a camisa 9.

Mesmo com a desconfiança da torcida, Alecsandro conseguiu o que mais se esperava dele: marcar gols. Sagrou-se campeão carioca em 2014 e foi vice-artilheiro da competição. Ainda em 2014, o camisa nove foi o artilheiro do Flamengo na temporada com 21 gols.

Foto: André Durão

Em 2015, após a chegada de Guerrero, Alecsandro deixou o Flamengo rumo ao Palmeiras. Pelo Rubro-Negro, o camisa nove marcou 32 gols.

2013 até 2014: Hernane

Créditos: Boleiragem Gols

Hernane chegou ao Flamengo em 2012, porém, só em 2013 ocupou a camisa 9 do Mais Querido. Apesar de estar marcando gols na temporada, Hernane não contava com a confiança dos dirigentes do Flamengo que contrataram Marcelo Moreno para ser o centroavante titular.

Mesmo entrando no decorrer das partidas, Hernane começou a colecionar gols na temporada e ficou com a vaga no time titular. O ‘Brocador’ fez um 2013 espetacular e foi essencial para o time na conquista da Copa do Brasil de 2013, competição na qual ele foi o artilheiro. Hernane terminou o ano como artilheiro do Brasil com 36 gols.

Flamengo camisa 9
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Em 2014, Hernane foi negociado com o Al Nassr da Arábia Saudita e deixou o Mais Querido. O ‘Brocador’ encerrou sua passagem tendo conquistado o Campeonato Carioca de 2014 e a Copa do Brasil de 2013. O centroavante marcou 45 gols com o manto sagrado.

2012 até 2013: Wellington Bruno

Créditos: FlaTV

Wellington Bruno chegou ao Flamengo em 2012 para reforçar o elenco comandado por Dorival Júnior. O jogador é meio-campista mas, curiosamente, ficou com a camisa nove do clube carioca.

Wellington teve passagem discreta pelo Fla e atuou em apenas 11 jogos sem marcar nenhum gol. Ao final de 2021, o meia deixou o Flamengo rumo a Ponte Preta.

Foto: Felipe Azevedo / FlaImagem

2011 até 2012: Deivid

Créditos: Boleiragem Gols

Deivid chegou ao Flamengo no segundo semestre de 2010 com a expectativa de elevar o patamar do ataque Rubro-Negro que, naquela altura, com a saída de Vágner Love, contava com Val Baiano como titular.

O atacante só passou a usar a camisa 9 em 2011, ano em que formou um trio goleador com Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves. Apesar de ter sido um dos artilheiros do Flamengo em 2011, o que marcou a passagem de Deivid pela Gávea foram os gols inacreditáveis que o camisa 9 desperdiçou.

Flamengo camisa 9
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Em setembro de 2012, Deivid acertou com o Coritiba e encerrou a sua passagem no Mais Querido. Pelo clube carioca, Deivid chegou a grande marca de 99 jogos e marcou 31 gols.

2010 até 2011: Val Baiano

Créditos: Boleiragem Gols

Val Baiano chegou ao Flamengo no segundo semestre de 2010 para ocupar a vaga no ataque deixada por Adriano e Vágner Love. Val chegava com moral após boa passagem pelo Grêmio Barueri em 2009.

O jogador que chegou para ser artilheiro demorou cerca de 4 meses para marcar o seu primeiro gol pelo Mais Querido e, ao decorrer do tempo, colecionou lances bisonhos e gols perdidos.

Flamengo camisa 9
Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem

Como resultado das atuações ruins em 2010, Val Baiano ficou fora dos planos de Vanderlei Luxemburgo em 2011 e acabou saindo do Flamengo. O atacante atuou 18 vezes e marcou 3 gols.

2010: Vágner Love

Créditos: Boleiragem Gols

Vágner Love chegou ao Flamengo no início de 2010 por empréstimo junto ao CSKA, da Rússia. Love chegou com status de craque e com a missão de ajudar Adriano Imperador no comando do ataque Rubro-Negro. Os dois juntos formavam a dupla conhecida como ‘Império do Amor’

Vágner cumpriu o que havia sido prometido em sua chegada e marcou gols decisivos com a camisa do Flamengo, entretanto, o time não conseguiu conquistar títulos. Vice-campeão carioca perdendo para o Botafogo e eliminação nas quartas de final da Libertadores diante da Universidad de Chile

Flamengo camisa 9
Foto: Reprodução

Love deixou o Flamengo ao fim de seu empréstimo. O Fla se esforçou mas não conseguiu um acordo com os russos para comprar o atacante em definitivo. Mesmo com pouco tempo, Vágner Love fez 29 partidas e 23 gols, sendo assim, o camisa 9 foi o artilheiro do clube na temporada, mesmo jogando apenas a metade.

2009 até 2010: Dênis Marques

Créditos: Boleiragem Gols

Dênis Marques chegou ao Flamengo por empréstimo junto ao Omiya Ardija, do Japão, em junho de 2009. O jogador que teve boa passagem pelo Athletico Paranaense, chegou ao Flamengo para disputar vaga no ataque e fazer dupla com Adriano.

Dênis chegou cercado de expectativas mas não conseguiu correspondê-las. Atuações apagadas e poucos gols marcaram a passagem do atacante que compôs o elenco campeão brasileiro de 2009.

Apesar da passagem ruim e conturbada, Dênis declarou seu amor ao Flamengo em entrevista concedida ao Globo Esporte em 2012.

“Se eu falar que não queria jogar no Flamengo, estou mentindo. Eu sou Flamengo. Saí do clube e continuo sendo flamenguista, entendeu? Qualquer flamenguista quer jogar um dia no Flamengo. Comigo não era diferente. Consegui realizar meu sonho, fui campeão brasileiro. Hoje, como costumo dizer, tem no meu DVD gol pelo meu time do coração. Sou realizado profissionalmente”, declarou.

Créditos: Futebolft10

2008 até 2009: Josiel

Créditos: Bruno Lucena

Josiel chegou ao Flamengo por empréstimo junto ao Al-Wahda, do Emirados Árabes, no segundo semestre de 2008. O centroavante havia sido artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2007 pelo Paraná e chegou para tomar conta do ataque Rubro-Negro.

Seu início no Flamengo não foi dos melhores, o camisa 9 só conseguiu marcar o primeiro gol em fevereiro de 2009, em partida contra o Volta Redonda pelo Campeonato Carioca. O Fla foi campeão estadual e Josiel conseguiu retomar o caminho das redes. O centroavante foi o artilheiro da equipe na competição.

Em entrevista ao GE, concedida em 2014, Josiel justificou o início ruim no Flamengo.

“No início, foi um pouco complicado (Flamengo), achei que não ia dar certo. Mas em 2009, quando fizemos a pré-temporada, melhorou muito. Tanto que fui vice-artilheiro do Carioca. Dizem que minha passagem não foi boa, mas, para mim, foi. Minha média é das melhores. Joguei 30 jogos e fiz 13 gols”, declarou o centroavante.

Créditos: Jorgeano Borges

Josiel saiu do clube carioca ainda no primeiro semestre de 2009. A diretoria do Mais Querido considerou os valores para a renovação do empréstimo muito altos e resolveu liberar o atacante. Vestindo a camisa 9 do Flamengo, Josiel fez 30 partidas e marcou 13 gols.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here