Compartilhar:

Após ser dada como certa desde sexta-feira, a negociação do zagueiro espanhol Pablo Marí com o Arsenal pode acabar não saindo. Um desentendimento entre o clube inglês e o Flamengo sobre os termos do negócio fez a transação recuar, e Marí é esperado no Ninho esta tarde após viajar para a Inglaterra na sexta para fazer exames e fechar com o Arsenal.

Como a janela de transferências para o futebol inglês fecha na próxima sexta-feira, ainda não é possível descartar o negócio, mas ele se tornou improvável neste momento.

A divergência parece ter se dado porque o Flamengo só aceitava negociar Marí em definitivo e o Arsenal teria concordado com essa forma de transferência. Porém, após a viagem para Londeres de Marí, acompanhado do o brasileiro Edu Gaspar, ex-jogador e atualmente diretor do clube londrino, teria passado a propor somente um empréstimo.

No sábado, quando surgiram as primeiras informações de que a transferência de Marí poderia ser por empréstimo, e não por definitivo, vazou uma conversa do presidente Rodolfo Landim em um grupo de Whatsapp dizendo que “o tempo de más negociações passou” e que Marí “é jogador do Flamengo”, num sinal de que o negócio ainda não estava 100% fechado.

Pablo Marí, de 26 anos, foi contratado em julho do ano passado pelo Flamengo por um total de R$ 7,9 milhões, segundo informações oficiais do balanço do clube. Ele tem contrato com o Flamengo até o fim de 2022.

O desfecho da negociação deve agradar a torcida, a julgar pelo resultado da enquete realizada ontem pelo MRN no Twitter.

A permanência de Marí deve significar também uma paralisação nas tratativas para a contratação do zagueiro Léo Pereira, do Athletico-PR, que estava sendo buscado para substituir o espanhol.

Compartilhar: