Compartilhar:

Veja as notas e análises individuais da grande vitória do Flamengo, no Maracanã, pela oitava rodada do Brasileirão

Notas atribuídas por torcedores da comunidade MRN – Pensar Flamengo

Leia as análises individuais e notas dos jogadores concedidas pelo time de colaboradores do MRN:

Gabriel Baptista: Não se complicou no primeiro tempo, ficou vendido no pênalti, fez uma boa defesa logo depois. Segundo tempo mostrou inexperiência em alguns lances, normal para um mlk, hoje não comprometeu. Nota: 6,0.
Por Caroline Menezes – Twitter – @kaka_menezes07

Isla: Todo mundo viu que Isla sabe jogar bola, mas todo mundo também viu que ele tem um lado, digamos, meio descompensado e hoje esse lado deu as cartas pelo lado direito do Flamengo. Cometeu um pênalti completamente desnecessário, com um carrinho inexplicável, e depois deixou Osvaldo livre por diversas vezes. No segundo tempo parou de subir ao ataque e ao menos conseguiu dar um pouco mais segurança na defesa. Nota: 5,0.

Matheuzinho: Manteve o nível defensivo e fez um bom cruzamento rasteiro para Gabigol fazer o segundo gol. Nota: 6,5.
Por Edson Lira – Twitter: @Edsonjslira

Rodrigo Caio: Mais uma partida correta do nosso xerife, sofreu um pouco com o ataque do Fortaleza pelo seu lado no primeiro tempo mas depois acertou o posicionamento. Impressiona a regularidade de sempre jogar bem. Nota: 8,0.
Por Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Gustavo Henrique: Teve alguns problemas na cobertura em velocidade durante o primeiro tempo. No segundo, com o time melhor postado fez um jogo correto e sem sustos. Nota: 6,0.
Por Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Filipe Luís: Filipe Luis não foi brilhante e não fez aquele grande jogo hoje, porém, não deixou de apoiar no ataque e na defesa. A parte física o prejudicou no jogo de hoje e se tornou visível, não o deixando explorar o melhor de seu futebol. Nota: 7,0.
Por Millena Dourado – Twitter @falconcrf_

William Arão: Hoje fez uma partida segura e taticamente muito boa, como a muito tempo não fazia. Bem posicionado entre os zagueiros, a transição ofensiva sempre começava com ele. Além disso, se posicionou a direita pra ajudar o Isla defensivamente, e assim, controlou as subidas do Osvaldo. Nota: 7,5.
Por Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro04

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível criar conteúdo de qualidade sobre o Flamengo. Se você também acredita, seja apoiador do MRN e ajude nosso projeto.

Gerson: Voltou bem após ser poupado na última rodada do brasileiro. Soube acelerar a saída de bola e infiltrou bastante, principalmente no primeiro tempo. Na etapa final acabou sentindo um pouco o ritmo e acabou sendo substituído. Nota: 7,0.
Diego: Entrou pra participar dos últimos 15 minutos e tentar dar fôlego novo ao meio campo do Fla. Pouco pôde fazer mas o fez bem. Nota: 6,0.
Por Rafael Albuquerque – Twitter: @R_Albuquerque01

Arrascaeta: Atuação totalmente apagada, não contribuiu em nada para o jogo do Flamengo hoje, errou tudo que tentou e nem defensivamente foi efetivo. Nota 5,0.
➡ Pedro Rocha: Tentou alguma coisa, se machucou e saiu minuto depois. Sem nota.
Por Caroline Menezes – Twitter – @kaka_menezes07

Everton Ribeiro: O melhor meia da década do futebol brasileiro, disparado. Lances plásticos, velocidade, carisma. Encorporou o espírito rubro-negro, a camisa 7 de tantos craques não fica pesada em seu corpo. Um verdadeiro maestro do futebol. No jogo, mais uma partidaça, vem melhorando a cada jogo, é um motor que dita o ritmo da partida, com seus dribles, sutileza e toques rápidos continua fazendo seus adversários tremerem em sua frente. Nota: 8,5.
Por Willian Sian Herzog – Twitter @willian_sian

Michel: Acertou três jogadas por todo o tempo que esteve em campo. Duas delas finalizando com perigo, porém é muito pouco. Pouquíssimos dribles, sua principal característica, muita vontade, mas pouca efetividade. Nota: 5,0.
Lincoln: Entrou para fazer a dupla de ataque com Gabigol. Se posicionou para isso, mas foi mais um que pouco acrescentou. Ficou muito embolado com os zagueiros e não conseguiu trocar passes para criar espaços. Há também o problema de ter que se desdobrar para fazer a posição de Pedro Rocha, que saiu contundido após todas as substituições serem feitas. Nota: 6,0.
Por Edson Lira – Twitter: @Edsonjslira

Pedro: Nosso centroavante hoje não foi bem, apesar de ter dado o chute que possibilitou o rebote no primeiro gol, ficou muito preso entre os zagueiros, não saiu pra trabalhar com os meias e nem fazer o pivô para preparar a chegada do ataque, teve uma boa chance de gol e desperdiçou com um chute ruim. Nota: 5,5.
Gabigol: Nosso artilheiro não entrou bem mas decidiu o jogo em uma finalização de extrema categoria. Até o gol tinha nota 4, o gol foi nota 10, média 7, tá aprovado Nota: 7,0.
Por Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Domènec Torrent: O time se posiciona melhor e mais encaixado a cada jogo. Apesar disso, a cobertura na direita de nossa defesa precisa melhorar. O Fortaleza teve muito espaço por ali durante o primeiro tempo. No segundo tempo demorou um pouco para mexer no time, mas as mudanças fizeram o time crescer em volume e ocupar mais o campo do Fortaleza. Infelizmente a lesão de Pedro Rocha atrapalhou isso. Nota: 6,5.
Por Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível criar conteúdo de qualidade sobre o Flamengo. Se você também acredita, seja apoiador do MRN e ajude nosso projeto.

Compartilhar: