Vini Jr. vira modelo, fala de racismo e revela seu maior ídolo no Flamengo; veja as fotos

Bruno Guedes
Jornalista e Historiador, é apaixonado por futebol bem jogado. Já atuou na Rádio Roquette Pinto e como colunista no Goal.com. Siga no Twitter: @EuBrguedes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Atacante do Real Madrid citou a luta contra racismo e nunca desistir em publicação

MRN Informação | Bruno Guedes – Twitter: @eubrguedes

Uma das maiores joias reveladas pelo Flamengo, Vini Jr. agora também joga em outro campo. O atacante do Real Madrid é um dos destaques da última edição da revista Gaffer, respeitada publicação de moda. Além das fotografias, o jovem ainda falou em entrevista sobre racismo, começo da carreira e que Adriano Imperador é seu grande ídolo rubro-negro.

Acostumado à exposição das redes sociais, o cria do Flamengo de 20 anos aparece bem à vontade nas imagens. E também com as palavras. Vini destaca a luta contra o racismo como necessária. Entretanto, não se furtou de posicionamento, citando outros ídolos negros do esporte:

“Temos que continuar lutando e se posicionando como estamos fazendo. (Lewis) Hamilton, (Lebron) James e Neymar, pessoas com uma voz poderosa, sempre aproveitam oportunidades para falar sobre racismo e é importante que todos façam isso. Temos que seguir nessa luta por igualdade. Temos que fazer. Para ser honesto, é uma loucura termos que continuar falando sobre esse assunto hoje em dia. Espero que as próximas gerações não tenham que passar por isso”, disse o jogador.

LEIA MAIS

‘Acredito no Flamengo para o título. É o melhor’, afirma comentarista

Filipe Luís revela bastidores da final contra o Liverpool e o que faltou para o título

Ao citar o início de carreira, o atleta relembrou a sua chegada ao Flamengo. E declarou que pensa em futebol a todo instante:

“Lembro-me do primeiro dia em que meu pai me levou para a escolinha de futebol do Flamengo. Me senti a pessoa mais feliz do mundo por estar fazendo algo que eu mais amo. Naquela época, eu só me importava em jogar futebol e me divertir; ficar com as pessoas que sempre acreditaram em mim e me incentivando a fazer mais. Hoje não é diferente. Minha pior mania é pensar em futebol todos os dias, 24 horas nos sete dias da semana. Ainda permanece igual.”, declarou.

Sem deixar de lado sua paixão pelo Rubro-Negro, o atacante revelou que o Adriano Imperador foi o responsável por fazê-lo acompanhar jogos do Mais Querido. De acordo com ele, o hexa de 2009 é sua maior lembrança da infância:

“A maior memória da minha infância vem de 2009, quando o Flamengo ganhou o título (brasileiro) com o Imperador (Adriano). Para ser honesto, eu nem assistia aos jogos antes disso, gostava apenas de jogar. Mas quando o Imperador voltou, tudo mudou para mim. Eu acompanhei todos os jogos naquele ano e lembro claramente – afirmou o jovem, que tinha apenas nove anos de idade na época.”, revelou Vini Jr.

Ainda tentando se afirmar no Real Madrid, o atacante termina a entrevista com uma mensagem otimista sobre o seu futuro:

“Eu nunca, nunca desisto. Eu sempre sou forte naquilo de que estou convencido de que é o melhor. Se você olhar o que 2020 nos ensinou, então temos que aproveitar ao máximo cada dia, cada momento como se não houvesse amanhã. Dentro e fora do campo. Portanto, temos que aproveitar cada momento como se fosse o último dia de nossas vidas.”, destaca o jovem.

CONFIRA ALGUMAS IMAGENS DE VINI JR. NA REVISTA GAFFER

Fotos: https://gaffer.online/vini-jr-valentino/
https://gaffer.online/vini-jr-valentino/
https://gaffer.online/vini-jr-valentino/

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro. Clique aqui e seja apoiador.

Notícias do Flamengo

Blogs