Gabigol foi substituído em todas as partidas que iniciou com Rogério Ceni

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

O vice-artilheiro do Flamengo na temporada, Gabriel Barbosa, saiu de todas as partidas que iniciou como titular sob o comando de Rogério Ceni

MRN Informação | Paulo Oliveira – Twitter: @oliveira_paulo1

Neste domingo, o Flamengo foi derrotado pelo Athletico-PR por 2 a 1 e se distanciou da briga pelo título. No decorrer da partida, Gabriel deixou o campo para dar lugar a Pedro, fato que revoltou alguns torcedores que queriam os dois artilheiros do time atuando juntos.

O treinador do Flamengo, Rogério Ceni, já havia dado uma declaração dizendo que não enxerga os dois centroavantes rubro-negros jogando juntos.

”Gabriel e Pedro, eu até agora não consigo ver a possibilidade de começo com os dois, mas posso pensar e olhar pra ver se é possível.”, disse Rogério aos jornalistas.

Veja mais: Os melhores momentos de Athletico x Flamengo pelo Brasileirão

Entretanto, Gabi já foi subistítuido mesmo em ocasiões em que Pedro não estava disponível. O camisa 9 deixou o campo em todas as partidas que começou como titular sob o comando de Ceni. Fato estranho, já que Gabigol é um dos jogadores mais decisivos do elenco.

Gabriel vem sofrendo com alguns problemas físicos durante a temporada e isso pode ser um dos fatores que levam o atleta a não atuar o jogo inteiro, porém, o centroavante não parece satisfeito com as trocas, conforme mostra o vídeo divulgado pela jornalista Isabelle Costa.

A torcida também não ficou nada satisfeita nas redes sociais após a saída de Gabriel, a derrota e as alterações sem sentido fizeram com que a pressão pela saída do treinador voltasse. Confira algumas reações:

Como foi o jogo

Escalações:

Athletico-PR: Santos; Jonathan, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Nikão, Fernando Canesin, Christian e Carlos Eduardo; Renato Kayser

Flamengo: Hugo Souza; Maurício Isla, Gustavo Henrique, Willian Arão e Filipe Luís; Gerson, Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Vitinho e Gabigol

O jogo começou com o Flamengo tomando as primeiras ações da partida, porém até os 10 minutos, nenhuma grande chance de gol foi criada. A primeira foi do rival: Carlos Eduardo chutou cruzado e obrigou Hugo Souza a fazer uma grande defesa, no rebote, Renato Kayser finalizou e o goleiro rubro-negro salvou novamente. Aos 25, Nikão cruzou e Abner abriu o placar nas costas do lateral-direito Isla e de Everton Ribeiro: 1 a 0 Athletico.

Aos 33, veio o empate do Flamengo: cruzamento na área de Arrascaeta, e Gustavo Henrique subiu sozinho para empatar: 1 a 1.

Na etapa complementar, Rogério Ceni voltou com a mesma equipe, e o Flamengo continuou controlando a partida, no entanto sem criar uma grande chance de gol. A primeira oportunidade do Mais Querido foi aos 22: Diego lançou Isla, que cruzou por baixo para Arrascaeta finalizar e o defensor do Athletico salvou em cima da linha. Faltando 20 minutos para o fim, Ceni chamou Pepê e Pedro, e substituiu nos lugares de Gabigol e Everton Ribeiro.

No minuto 30, bate e rebate na área do Atlético: Pedro chuta, a zaga corta, e no rebote, Diego finaliza em cima de Pedro Henrique. Aos 34, Arrascaeta saiu para a entrada de Rodrigo Muniz. O desempate do Athletico veio aos 38 com Renato Kayser: 2 a 1. No minuto 41, Ceni sacou Vitinho e Isla, para as entradas de Michael e Matheuzinho, mas não deu tempo para mais nada. Athletico-PR 2×1 Flamengo.

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs