Compartilhar:

Atacante chega a 47 gols com a camisa rubro-negra após tento contra o Athletico-PR

O Flamengo levantou sua primeira taça do ano após vencer o Athletico-PR neste domingo (16), por 3 a 0. Com o título da Supercopa, o atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, teve mais um motivo para celebrar: o jogador marcou na decisão, passando Adriano e figura entre os segundos maiores artilheiros do Flamengo, com 47 gols. Gabigol divide a artilharia com Vagner Love e Léo Moura.

Na coletiva pós-jogo, Gabigol reconheceu a importância da força da equipe para atingir a marca: “Muito feliz por passar o Adriano. Espero que eu possa passar mais um, com todo o respeito. Não faço os gols sozinhos. Meus companheiros e o Mister fazem meu potencial aumentar”.

O atacante também comentou sobre sua posição em campo, caindo pelo lado direito, que foi fundamental na assistência para Bruno Henrique, no primeiro gol do Flamengo: “Tenho essa mobilidade de cair pelo lado direito. Ele (Jorge Jesus) gosta, mas prefere que eu fique perto do gol. No campo comecei a ver o espaço e fiz as trocas com o Everton.”

Por último, foi a vez de Gabriel elogiar o treinador Jorge Jesus: “Não adianta ter dinheiro e jogadores qualificados se não souber potencializá-los. Mesmo em clubes fora, acontece bastante isso. Acho que o Mister tem feito um trabalho maravilhoso”, opinou. ” Vocês não têm tanta ideia porque não compartilham disso dentro de campo, com palestras e vídeos. A gente no Flamengo está muito feliz de tê-lo aqui e aprender com ele todos os dias. Dá para ver que todos os jogadores que chegam acabam melhorando”, completou.

O Flamengo volta a campo contra o Independiente Del Valle, pelo jogo de ida da Recopa Sul-Americana, nesta quarta-feira (19), mas não conta com o artilheiro Gabigol, que está suspenso.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo

Compartilhar: