Goleiros salvam, River e Santa Fé ficam no zero e Fla segue líder na Libertadores

Lucas Tinoco
Baiano, 22 anos e estudante de jornalismo. Sócio-Torcedor Off-Rio e acima de tudo rubro-negro! Twitter: @lucastinocof

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Nesta quinta-feira (05), River Plate e Santa Fé se enfrentaram pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. No Monumental de Nuñez, os goleiros foram os destaques e a partida, apesar de repleta de chances, acabou sem mexer no placar. Com o empate, o Flamengo, com 4 pontos, segue líder do Grupo 4. Argentinos e colombianos vêm logo em seguida, com 2 pontos cada.

A partida

O duelo foi dominado pelos donos da casa, como de praxe quando o River joga em casa. Superior também tecnicamente, Los Millonarios mandaram no jogo e deram diversos sustos no goleiro Zapata, que foi bem na maioria das oportunidades salvando o Santa Fé. Quando o goleirão vacilou, o lateral-esquerdo Tesillo salvou um chute de Lucas Pratto.

O “Expresso vermelho” não teve as grandes chances dos donos da casa mas por pouco não marcou o tento que poderia ter sido o da vitória. Após cruzamento na área, a zaga do River dormiu e Tesillo deu um biquinho para o gol e obrigou Armani a fazer uma defesa incrível, mantendo as redes sem balançar.

Repercussão

Lamentação de um lado e satisfação do outro. Após a partida, os treinadores dos dois times tiveram sentimentos diferentes com o resultado.

Marcelo Gallardo, treinador do River, considerou lamentável a perda de dois pontos em um jogo em casa, onde se tem que somar o máximo de pontos possíveis. Gallardo considera o próximo jogo – contra o Emelec em Guayaquil – crucial, pois o grupo se desenha como “duríssimo”. Ainda assim, o técnico considerou que é preciso manter a calma para os próximos duelos.

Na contrapartida Gregorio Pérez, comandante do Santa Fé, considerou uma boa partida da sua equipe, que pra ele soube controlar o rival e conseguindo alguns contra-ataques. Para Pérez, o ponto conquistado foi muito importante, ainda mais se tratando de um adversário com a qualidade e a força do River dentro de casa.

Pérez, no entanto, ressaltou que é importante os atletas manterem os pés no chão, por se tratar de um grupo muito desgastante e difícil.

Próxima rodada

O Flamengo, que é líder isolado do grupo, enfrentará o Santa Fé, no próximo dia 18 (quarta-feira), no Maracanã. Tendo empatado o primeiro jogo em casa, é crucial que o rubro-negro garanta os três pontos nos próximos dois embates no seu mando.

O outro jogo será entre Emelec e River Plate, no dia 19 (quinta-feira), no George Capwell, casa dos equatorianos. Tendo perdido para o Flamengo na última rodada, o atual campeão do Equador precisa vencer. Pela frente o River, que tem dois empates e também necessita de uma vitória. Considerado os principais adversários no Mengão no grupo, os torcedores certamente ficarão de olho no resultado.

A rodada pode dar folga ao Flamengo, que pode chegar a 7 pontos e abrir até 4 de vantagem.


Olá, grande rubro-negro! Quer entrar para o nosso grupo exclusivo de Whatsapp, participar de sorteios de livros incríveis sobre o Flamengo, ter acesso a matérias antes de todo mundo, virar blogueiro do Mundo Rubro Negro e ainda contribuir para o crescimento do projeto com o melhor conteúdo sobre Flamengo da internet? Entre para a nossa comunidade de apoiadores! Saiba mais clicando aqui.


Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs