Ídolo de uma geração, Adriano Imperador completa 39 anos e ganha homenagem do Flamengo

Isaac Simoes
Jornalista, apaixonado por esportes e pela cultura fantástica do futebol. Trabalhei na TV Pajuçara (afiliada da Record em Alagoas), no Jornal Gazeta de Alagoas e no Portal Gazetaweb. Atualmente sou redator nos portais Mundo Rubro-Negro e Esporte Alagoano. Me siga nas redes sociais @isaac_siimoes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Isaac Simões“Aos súditos rubro-negros, eis o imperador!”. Foi com essa frase que o jornalista do SporTV, Milton Leite, narrou o primeiro gol de Adriano, em sua volta ao Flamengo em 2009. A lembrança da cabeçada certeira do atacante contra o Athletico Paranaense segue na memória dos flamenguistas. Assim como os outros 45 marcados ao longo de sua trajetória com a camisa do Mengão.

Nesta quarta-feira (17), o Imperador rubro-negro completa 39 anos de idade. Entretanto, mesmo após ter aposentado às chuteiras precocemente, Adriano continua sendo um dos maiores ídolos de sua geração. Nas redes sociais, o Flamengo homenageou o ex-jogador com um vídeo com vários gols anotados por “Didico”.

Leia também: Estilos diferentes, números iguais: Ceni e Abel possuem o mesmo aproveitamento

Foram 94 jogos com o manto sagrado rubro-negro e 46 gols marcados entre as temporadas de 2000/2001 e 2009/2010. Assim, Adriano conquistou 4 títulos pelo Flamengo. Aliás, em sua primeira passagem, ainda garoto, venceu os Cariocas de 2000 e 2001, além da Copa do Campeões.

Hexacampeonato brasileiro

Contudo, o troféu mais marcante ficou reservado ao ano de 2009. Após sair da Itália, o jogador retornou ao Flamengo, afirmando que estava “em busca da alegria em jogar futebol”. Com isso, a ideia de voltar ao time do coração era fundamental para sua retomada.

Embalado pelo rap Eu só quero é ser feliz, da dupla Cidinho e Doca, o Imperador reencontrou a felicidade na Gávea e ao lado de Petkovic, comandou a campanha histórica do hexacampeonato brasileiro. Título épico, principalmente, pelo campeonato ter sido decidido na última rodada. Dia 6 de dezembro de 2009, na vitória por 2 a 1 contra o Grêmio, para mais de 84 mil rubro-negros que estiveram no Maracanã.

Adriano imperador 2009
Adriano pelo Flamengo em 2009 Foto: reprodução

Inesperadamente, o Imperador deixou o Flamengo em 2010, acertando sua ida para a Roma. Entretanto, o craque nunca mais emplacou uma sequência no futebol. Entre 2011 e 2012 esteve no Corinthians, mas atuou somente em sete jogos.

Após dois anos parado, tentou retornar aos gramados pelo Athletico em 2014. Mas se despediu rapidamente do clube paranaense. Marcou apenas um gol em quatro partidas. Adriano não atua desde 2016, quando teve uma rápida passagem pelo Miami United, dos Estados Unidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs