Após desfalcar o Chile por estar com PCR positivo e atuar na vitória sobre o Sport, lateral consegue aval para ir à Santiago após novo teste

MRN Informação | Bruno Guedes – Twitter: @eubrguedes

Maurício Isla deve ser titular da Seleção Chilena. É o que afirma a imprensa do país. Segundo o jornal En Cancha, o lateral-direito do Flamengo deve ganhar a vaga no time principal contra a Colômbia, dia 13, às 21h30, em Santiago. De fora do último jogo, contra o Uruguai, o atleta testou negativo para a Covid-19 e já está concentrado com os companheiros desde a quinta-feira.

Leia mais: Dome exalta elenco do Flamengo e critica calendário: ‘Autêntica loucura’

De acordo com a mídia chilena, Isla deve formar a defesa do time comandado por Reinaldo Rueda com Paulo Díaz, Francisco Sierralta de zagueiros e Sebastián Vegas na lateral esquerda. “HUaso”, como é chamado pelos torcedores do Chile, é considerado peça chave no esquema tático do treinador, que também teve passagem pelo Rubro-Negro, em 2017.

A provável escalação do Chile deve ser Arias; Isla, Díaz, Sierralta, Vegas; Baeza, Aránguiz, Vidal; Fuenzalida, Vargas e Sánchez. O jogo é válido pela segunda rodada das Eliminatórias 2022.

Isla reforçou o Flamengo na vitória contra o Sport, na noite da última quarta-feira, após ser impedido de entrar em Montevidéu, onde enfrentaria o Uruguai com a seleção chilena. O protocolo do Uruguai, assim como o do Chile, exige PCR negativo para quem quiser entrar nos países, e o lateral rubro-negro havia testado positivo.

De acordo com os protocolos da Conmebol, o lateral poderia atuar, uma vez que está assintomático há pelo menos 10 dias e não é mais considerado potencial transmissor de coronavírus. A CBF também segue esse protocolo, por isso pôde estar em campo na partida pelo rubro-negro no Maracanã.

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Reprodução

flamengo vasco arrascaeta camisa do flamengo