Compartilhar:

Vítima das lesões mais graves entre os sobreviventes do incêndio do Ninho, o jovem zagueiro Jhonata Ventura deu hoje mais um passo decisivo para sua completa recuperação: ele voltou a realizar atividades em um campo de futebol pela primeira vez desde o acidente. Jônatas ainda não treinou com bola, mas correu em volta do gramado pela primeira vez desde a tragédia.

O avanço foi anunciado pelo próprio Jhonata em sua conta do Twitter:

No incêndio, Jhonata teve 30% do corpo queimado. Ele só deixou o hospital em 13 de abril, mais de 2 meses após o incêndio, e desde então continua no processo de recuperação médica e física.

Em maio, o Flamengo fechou um acordo de indenização com a família de Jhonata. Entre os termos firmados, o clube se comprometeu a assinar um contrato profissional com Jhonata assim que ele completar 16 anos, idade mínima permitida pela legislação. O clube, que ainda negocia com seis famílias de adolescentes mortos na tragédia, já fechou acordo com todos os sobreviventes do incêndio no Ninho.

Jhonata foi um herói em meio à tragédia pois já havia conseguido escapar do alojamento, mas decidiu retornar para ajudar companheiros. Foi quando acabou tendo o corpo queimado.

Compartilhar: