Para o catalão, os jovens fortaleceram o grupo ao entrarem e corresponderem como a comissão técnica esperava

MRN Informação | Bruno Guedes – Twitter: @eubrguedes

Após a vitória por 4 a 0 sobre o Independiente de Valle e a classificação antecipada às oitavas de finais da Libertadores, o auxiliar técnico de Domènec Torrent, Jordi Guerrero, exaltou os jovens que novamente entraram em campo e a união do elenco. Mas mesmo com o triunfo da noite desta quarta-feira, no Maracanã, o catalão lembrou que o time ainda precisa de tempo e confiança.

Leia também: CBF divulga tabela detalhada e Flamengo fará dois jogos em 50 horas

Segundo Guerero, que segue no banco de reservas enquanto Torrent se recupera da Covid, os jogadores mais jovens entraram numa fase complicada, mas mesmo assim corresponderam como a comissão esperava: “É assim no futebol. A medida que vai ficando mais velho, quem vem atrás te empurra para melhorar. Eles nos ajudaram muitíssimo e tiveram atuações muito boas.”, disse o catalão na coletiva após o jogo.

Para Jordi, o Flamengo conseguiu sair mais unido da crise causada pela Covid-19. Entretanto voltou a fazer coro com o técnico Dome, que vem afirmando que a equipe precisa de sequência e trabalho a mais longo prazo: “Futebol é futebol. Acredito que seja muito importante para o Flamengo já se classificar para as oitavas, fazer boas partidas e pensar em recuperar jogadores. Estamos bem no estilo de jogo e pouco a pouco estamos melhorando a cada dia. Necessitamos de tempo e confiança.”, afirmou aos jornalistas.

Ao citar a união do grupo, Guerrero fez uma espécie de desabafo após duas semanas de muitos problemas extra-campo por causa do coronavírus: “Quando há adversidades, as pessoas se aproximam, se ajudam e isso nos ajudou.”, declarou.

Mais lidas: Lyon acerta com Lucas Paquetá e Flamengo pode ganhar quantia milionária

Com outra excelente atuação do goleiro Neneca, de apenas 21 anos e 1,96m, o auxiliar exaltou a partida feita, porém destacou que há que se ter calma com o todo: “Já vimos que é um goleiro excelente. Todos que estão no Flamengo são jogadores excelentes. Vamos partida a partida. Foram dois jogos muito bons e vamos ver como vai evoluir. Pode entrar Hugo, César, Diego….”, finalizou o auxiliar que está invicto após duas partidas.

Classificado, o Flamengo chega aos 12 pontos, na liderança do Grupo A da Libertadores e só retorna à competição no dia 21 de outubro, contra o Junior de Barranquilla, no Rio. Agora o time volta a campo no domingo, às 16h, contra o Athletico Paranaense no Maracanã.

Confira outros trechos da entrevista:

Base do Flamengo

É assim no futebol. A medida que vai ficando mais velho, quem vem atrás te empurra para melhorar. Eles nos ajudaram muitíssimo e tiveram atuações muito boas.

Hugo Souza (Neneca)

Já vimos que é um goleiro excelente. Todos que estão no Flamengo são jogadores excelentes. Vamos partida a partida. Foram dois jogos muito bons e vamos ver como vai evoluir. Pode entrar Hugo, César, Diego…. Todos os jogadores. Ganhamos e perdemos todos.

Importância da vitória

É um resultado que ajuda a todos: grupo de jogadores, diretoria, comissão técnica, médicos… Estamos todos no mesmo caminho para a equipe seguir adiante.

Time mais vibrante

Basicamente, nós queremos que o time seja forte sempre e enfrente todas as adversidades. Está sendo assim desde o Equador. Nunca tivemos dúvida de que o Flamengo vai competir em todas as partidas.

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo