23.2 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, dezembro 2, 2020

Jorge Jesus aposenta colete, analisa o Mundial e despista sobre o futuro: “Tudo pode acontecer”

Matheus Leal, da equipe MRN Informação

Ressaca que nada! Mesmo após um fim de semana de muita comemoração, o Flamengo voltou a campo nessa quarta-feira (27) e fez mais uma vítima pelo Brasileirão. No Maracanã, o rubro-negro goleou o Ceará, de virada, por 4 a 1. Thiago Galhardo abriu o placar para os visitantes, mas Bruno Henrique, em mais uma noite inspirada, conseguiu um hat-trick. Vitinho selou a goleada.

Na coletiva após o jogo e o recebimento da taça de campeão brasileiro, Jorge Jesus tratou de diversos temas. Os que dominaram foram o futuro do português e o Mundial de Clubes. Com contrato com o Flamengo até meados de 2020, o treinador vem recebendo propostas da Europa, porém afirmou estar focado na reta final de temporada e que depois disso “tudo pode acontecer”.

“Eu sei o meu futuro até maio, que é quando tenho contrato com o Flamengo. Depois disso tudo pode acontecer. Sobre as propostas: as coisas precisam ser muito bem estudadas. O que eu garanto é que nada vai tirar meu foco do Flamengo. Depois eu vejo o que faço da minha vida. O meu foco é o Flamengo. Tudo o que não envolve o Flamengo, não chega pra mim. China, Europa… eu não dou abertura a ninguém. Enquanto não acabar o Mundial, não vou falar com ninguém. Nem com o Flamengo. Já disse isso ao presidente”, afirmou Jorge Jesus.

ANÁLISE DO MUNDIAL DE CLUBES

“Não chegar à final do Mundial não seria uma decepção. Decepção seria não chegar lá. Vamos jogar contra o Al-Hilal, que vai ganhar seu jogo e possivelmente contra o campeão da Champions. Não há decepção. Quem fala isso não conhece o Al-Hilal. Ele não perde em nada pro Flamengo, só em torcida. Digo porque estive lá antes de vir ao Brasil. Dos três títulos, o Mundial é o mais difícil. Qualquer adversário na final será do nível ou melhor do que o Flamengo”, avaliou.

A situação curiosa da partida e que já havia chamado atenção contra o River Plate foi sobre a vestimenta do português. Acostumado a comandar a equipe de paletó, Jesus iniciou o jogo com um colete. No entanto, assim como na final da Libertadores, o Flamengo saiu atrás do placar. Supersticioso, o treinador voltou do intervalo com “paletó da sorte”. O colete, por sua vez, foi aposentado.

“Eu só uso esse colete porque às vezes está calor e os árbitros implicam com minha camisa branca, pois confunde com os jogadores. Eu não ia colocar aquele outro colete feio por cima da minha camisa, por isso fiz um bonito. Mas esse não uso mais”, brincou aos risos.

Para finalizar a coletiva, Jorge Jesus novamente foi perguntado sobre a inveja que alguns rivais estão do seu sucesso relâmpago no Brasil. No entanto disse que isso é algo normal aqui e em qualquer outro lugar.

“A inveja é normal do ser-humano. Só mandam pedras às árvores que têm frutos. Isso não tem significado pra mim. O que significa pra mim é essa nação, esse futebol. Vamos caminhar olhando sempre em frente, como diz a música”. finalizou.

Não deixe de ler também

Siga o autor: @matheusleal1

Leia também

Notícias do Flamengo

Andrés Sanchez provoca Mauro Cezar após eliminação do Flamengo

Mauro Cezar respondeu a Andrés Sanchez citando suas críticas aos cartolas do Flamengo, e comparando com a situação do clube paulista

Imprensa argentina destaca ‘noite heróica’ e falhas do Flamengo: ‘Libertadores é generosa com os corajosos’

Imprensa argentina afirma que a Academia vinha de uma crise profunda, porém lutou até o fim O sempre irreverente Diário Olé, da Argentina, desta vez...

Eliminado, Rogério Ceni defende jogadores e explica os próximos passos do Flamengo

Técnico Rogério Ceni afirmou que ele e equipe precisam melhorar para a sequência da temporada Após o Flamengo ser eliminado pelo Racing em pleno Maracanã,...

Eliminado, veja quais jogos restam para o Flamengo na temporada

Faltam 15 jogos para a temporada que era considerada dos sonhos do Flamengo, se encerrar. Todos os detalhes na matéria do site Mundo RN

Avaliações e notas de Flamengo 1(3)x1(5) Racing (jogo 2 das oitavas da Libertadores 2020)

Flamengo é desclassificado da Libertadores pelo Racing nos pênaltis e agora tem apenas o Brasileiro na temporada 2020

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs

23 de Novembro de 2019. Lima. Peru. Um ano da Glória Eterna

O Flamengo é o que não se explica. Há um ano, a América voltava a ser pintada de vermelho e preto, em um roteiro digno de cinema

Voamos todos na parábola de Diego

Sempre temi o destino de ser um morto soprado de inveja nas bancadas da eternidade, ressentido por um auge tardio do Flamengo

23 de Novembro ficou marcado na história rubro-negra

Nem a vitória parcial do River tirou a certeza de que aquele dia seria abençoado, afinal foi no mesmo dia 23 de novembro

O Flamengo existe porque a vida não basta

Cada um viu um filme diferente. De alguma forma, porém, todos aqueles filmes eram o mesmo. O mosaico do que é ser Flamengo

Quatro marcados, cinco perdidos: o “Pênalti para o Flamengo!” assusta em 2020

Vitinho perde o 5º pênalti do Flamengo em 2020; na temporada, o aproveitamento do clube carioca em cobranças de pênalti é inferior a 50%