Jorge Jesus recebe ultimato no Benfica e pode ser demitido

Bruno Guedes
Jornalista e Historiador, é apaixonado por futebol bem jogado. Já atuou na Rádio Roquette Pinto e como colunista no Goal.com. Siga no Twitter: @EuBrguedes

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

De acordo com jornal português, Jorge Jesus será demitido em caso de eliminação na Taça de Portugal e na Liga Europa

Parece que a passagem do técnico Jorge Jesus no Benfica está por um fio. De acordo com o jornal português Correio da Manhã, o Mister recebeu ultimato e tem um mês para melhorar time do Benfica. Segundo o texto, o clube pretende demiti-lo se não melhorar no Campeonato e em caso de eliminação na Taça de Portugal e na Liga Europa.

A publicação afirma que o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, deu um mês para o treinador alcançar resultados positivos à frente do Benfica. Caso contrário, a demissão será inevitável. Atualmente, os Águias estão estão em 4º colocado no Campeonato Português.

Em janeiro, o Benfica perdeu as semifinais da Taça da Liga por 2 a 1 pelo Braga e eliminado. A equipe é treinada por Carlos Carvalhal. Assim, torcedores e imprensa de Portugal aumentaram o coro sobre uma possível demissão de Jorge Jesus.

Recentemente, parte da torcida pediu a demissão do treinador após sequência de maus resultados. Com críticas também na imprensa de Portugal, Jesus chegou a se irritar com boatos de crise interna e sua possível saída. Contudo, agora, a pressão aumentou com apenas a Liga Europa e Campeonato Português como possibilidades de títulos.

Mister está afastado por conta da Covid

Jesus está afastado do comando técnico após ter testado positivo para covid-19 no final de janeiro. Entretanto, apresentou uma “significativa melhoria clínica”, de acordo com boletim. Durante o último mês, um surto do novo coronavírus abateu a equipe e tirou diversos atletas de jogos importantes. Inclusive a semifinal da Taça da Liga.

De acordo com a imprensa portuguesa e comunicado do Benfica, o Mister está em repouso e seguindo todas as orientações médicas. Vale lembrar que o treinador português já testou positivo para Covid em março de 2020, quando ainda comandava o Rubro-Negro.

Jorge Jesus deixou o Flamengo em julho, um mês após renovar o contrato por mais uma temporada. Para o seu lugar o clube trouxe o catalão Domènec Torrent, que durante 12 anos trabalhou com Pep Guardiola. Com um trabalho defensivo ruim, saiu para dar lugar ao ex-goleiro Rogério Ceni, que estava no Fortaleza.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs