Compartilhar:

Torcedor assumido do Fluminense, o jornalista Victor Canedo, do Globoesporte.com, se mostrou contrariado com o anúncio de Pedro pelo Flamengo. Em uma série de tweets, ele reclamou da #DeVoltaPraCasa escolhida pelo Flamengo para anunciar o jogador, que começou nas categorias de base rubro-negras, mas foi dispensado e surgiu no futebol profissional no Fluminense.

Nesta reportagem, de dez/16 (do @edmacieldesa), Pedro contou que ficou quase um ano parado após a dispensa. Foram 5 anos de Flamengo, mas o clube não enxergou talento na época. Agora, para contratá-lo em definitivo, precisará gastar alguns bons milhões. É normal dispensar? Bastante. Vemos aos montes por aí. Mas eu não surfaria essa onda depois só porque hoje tenho dinheiro e posso consertar uma cagada do passado. O que seria do clube se não houvesse se reestruturado para aproveitar talentos como Vinicius, Paquetá e Reinier? Pra ficar claro: a minha crítica pontual é à comunicação do clube pela campanha que considero forçada. Os moldes da contratação foram ótimos (empréstimo com opção de compra). Se render o suficiente e mostrar que pode voltar a atuar em alto nível todos vão sair felizes. Uma simples sugestão de provocação sadia e plausível para as redes do Flamengo: “Evoluiu”. Não era o que o Pedro vinha tuitando? Cabia bastante pro momento e seria bem melhor do que exaltar indiretamente a própria incompetência”, escreveu Canedo em uma série de tweets sobre o assunto.

No passado, Victor Canedo mostrou ser fã de Pedro quando ele jogava no Fluminense. Em abril do ano passado, ele postou esse vídeo:

Caso não tivesse ficado claro antes, o jornalista assumiu em uma das resposta a esse tweet a sua paixão pelo Fluminense.

Na série de tweets, Canedo não fez nenhuma crítica ao Fluminense por ter se recusado a vender Pedro ao Flamengo por um valor inferior à multa e seis meses depois vê-lo jogando no rival por empréstimo.

Compartilhar: