Compartilhar:

Conforme os trabalhos de treino vêm mostrando, o setor defensivo do Flamengo está se estabelecendo com Rodrigo Caio e o ex-jogador do Athletico-PR.

A avaliação da comissão técnica depois de um mês do retorno dos treinos é Léo Pereira consolidado na posição antes ocupada por Pablo Marí, A intensidade nos treinamentos agradou Jorge Jesus.

Gustavo Henrique, outro da posição, já havia feito dupla com Léo na final da Taça Guanabara, contra o Boa Vista. Na ocasião, o Mister falou que a camisa ainda pesava para os dois. Porém, Gustavo passaria agora a compor o “segundo time”, fazendo dupla com Thuler.

Veja também: Adidas atrasa pagamento, pede empréstimo de bilhões, e faz Flamengo ficar em débito por Léo Pereira

Por sua vez, o jogador da base, segundo O Dia, foi desejado pelo Athletico-PR, de onde veio Léo Pereira. Dorival Júnior, atual técnico do clube paranaense indicou Thuler para a diretoria.

A cúpula do Flamengo foi contatada, mas rejeitou a proposta alegando que o jogador está em renovação de contrato. Diante da sondagens até de clubes europeus, mesmo sem a titularidade o jogador pode receber um aumento salarial.

Compartilhar: