Pela segunda vez, Mano Menezes é demitido após perder para o Flamengo

Mano Menezes, que chegou ao Bahia no meio do Campeonato Brasileiro, foi demitido após derrota para o Flamengo

16 rodadas depois de assumir o comando do Bahia, Mano Menezes foi demitido do cargo. O treinador não resistiu a derrota por 4 a 3 para o Flamengo e sai do comando do clube. No Campeonato Brasileiro, foram cinco vitórias, um empate e 11 derrotas. Mano deixa o tricolor baiano na 16ª posição da competição, com 28 pontos. Além disso, havia sido eliminado da Copa Sul-Americana, para o Defensa y Justicia, da Argentina, no último meio de semana.

É a segunda vez que Mano Menezes perde o emprego após sofrer dura derrota para o Mais Querido. A primeira vez foi no ano passado. O Flamengo, que já era campeão brasileiro, aplicou vitória imponente para cima do Palmeiras, clube pelo qual Mano trabalhava. Os 3 a 1 que o time de Jorge Jesus impôs a equipe paulista fez com que a diretoria alviverde optasse pela rescisão de seu contrato.

Conivência de Mano com possível injúria

Além do fraco desempenho dentro das quatro linhas, outro fator que pode ter influenciado na decisão dos dirigentes do Bahia foi o comportamento de Mano perante a denúncia do meio-campo Gerson. No segundo tempo, o camisa 8 do Flamengo disse ter sido chamado de “negro”, em conotação racista, por Índio Ramirez, colombiano, jogador do clube nordestino.

Ao revelar o ocorrido para o técnico adversário, Mano tratou com desdém e disse que Gerson “merecia tomar bico de Daniel Alves”. A frase proferida faz alusão aos confrontos entre Flamengo e São Paulo pelo Brasileirão e Copa do Brasil, em que ambos os jogadores travaram disputa ferrenha em campo.

- Advertisement -

Mano Menezes, que já foi treinador do Flamengo, em 2013, deixou a Gávea sem guardar boas recordações na torcida. O técnico optou por sair do clube após derrota em casa para o Athletico-PR, de virada, pelo placar de 4 a 2. Nas suas palavras, o elenco não conseguia entender as suas ideias de jogo.

Abaixo, você pode conferir o diálogo entre Mano Menezes e Gerson, durante a confusão iniciada após suposta ofensa racial cometida pelo meia do Bahia.

Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Divulgação

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here