25 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, novembro 25, 2020

Maracanã e Flamengo: ultimate thread

Vasco, Botafogo e Fluminense não têm condições de arcar com o custo de operação do Maracanã. O Tricolor ainda tenta, mas todo jogo toma prejuízo e sua dívida com o Maracanã S/A só aumenta. Sobra o Flamengo. Não existe Maracanã sem o Flamengo. Nem a CBF tem interesse em jogar lá.

Seja com o Estado do Rio de Janeiro, seja concedido para a Odebrecht, ninguém consegue fugir do prejuízo se não tiver o Flamengo jogando (várias vezes) em um estádio com custo de manutenção anual (contando todo complexo) na casa dos R$ 55 milhões. O Maracanã precisa do Flamengo!

HOJE o Flamengo precisa do Maracanã. A Ilha do Urubu, criada justamente sob o pretexto de aumentar o poder de barganha do clube, acabou. O Engenhão (que o Rubro-Negro também não gosta, sejamos francos) foi concedido ao Botafogo por 2 mariolas/mês (isso é outra história) Volta Redonda esquece.

Mas e a Gávea? MAS E A GÁVEA?!?!?

A Gávea precisa ser reformada. A Gávea é a casa do clube! O Flamengo começou a jogar lá nos anos 30. O Maracanã foi construído para a Copa de 50. As associações do Leblon nem existiam e Leônidas, Pirillo e Zizinho já jogavam lá. O ideal seria uma reforma para 30 mil, mas algo em torno de 18-20 mil já seria suficiente. Não definitivo, mas suficiente. Poderia ser até com parte da estrutura da falecida Ilha.

O que o Flamengo precisa é sair da dependência do Maracanã… ATÉ MESMO SE QUISER FICAR COM ELE! Lembram como estava o estádio antes do Rubro-Negro reformá-lo pra Libertadores de 2017? Não tinha água, luz e o estado era deplorável. Se não fosse o Flamengo, hoje ali possivelmente seria um grande acampamento do MTST. Um das sete maravilhas esportivas do mundo estaria em ruínas

Ou vocês acham que a Odebrecht iria gastar dezenas de milhões de reais em manutenção para um show aqui e uma rave ali? E o Estado do Rio de Janeiro, falido, faria o que? Gasta 55M/ano para manter a estrutura sem nenhum retorno ou vende para alguma construtora fazer um shopping?

Enfim, pra fechar, o clube precisa de um estádio próprio e, pelo menos pra começar, tem que ser a Gávea. Maracanã, em grandes jogos, pontuais, pode até ser, mas não é o Fla que tem que pagar sua conta. Chega dessa “maracanofilia” que tanto mal faz ao Flamengo.

 


Imagem destacada nos posts e nas redes sociais: Reprodução.

 

José Peralta não é apenas mais um rostinho bonito cornetando o time. Toda segunda-feira suas peraltadas estão aqui no Blog CRFlamenguismo.

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

Inscreva-se no canal no Youtube e acompanhe os programas MRN Live, o MRN Entrevista e muito mais! > bit.ly/canaltvmrn

Leia também

> Presidente do Flamengo fala sobre renovação de Diego

> Flamengo conhece seu caminho no Campeonato Carioca; primeiro clássico ocorre ainda em janeiro

> CBF muda data de Flamengo x São Paulo

> Diego é reserva no primeiro treino para o duelo com o Paraná 

> Flamengo conhece datas e local dos jogos na Flórida Cup 

> Apresentação desastrada do “senhor Waldemar” completa quinze anos 

> Flamengo x Paraná: locais, datas e horários para compra e troca de ingressos

> Com duplo-duplo de Varejão, Flamengo estreia com vitória no NBB

> Calendário do Flamengo no NBB está definido

> Após Paquetá, Flamengo dá um salto e já é o segundo que mais arrecadou com venda de revelações

> Histórica frase de Petkovic na campanha do hexa completa nove anos

> Com saída de Lucas Paquetá, Flamengo corre risco de repetir “geração perdida”

> Sete grandes nordestinos que marcaram época no Flamengo

> Presidente da Assembleia Geral do Fla não descarta eleição em fim-de-semana; data será anunciada este mês

> O Flamengo nasceu do Fluminense? Saiba a resposta neste papo entre pai e filho

> Candidatura de Ricardo Lomba pode ser impugnada

> Flamengo/Marinha soma seus primeiros pontos no Carioca Feminino 2018

Leia também

Notícias do Flamengo

Filmes relembram a conquista da Libertadores de 2019 pelo Flamengo

Diversas produções exaltam a Glória Eterna rubro-negra na Libertadores 2019

Flamengo e Athletico vão se enfrentar no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, pela ida da semifinal do Brasileirão Sub-17

Flamengo e Athletico vão se enfrentar no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, pela ida da semifinal do Brasileirão Sub-17

“Maradona, o Flamengo te ama, hoje e sempre”; entenda o contexto da faixa exibida em 1991

Em 1991, após prisão de Maradona, Flamengo exibiu faixa em apoio ao craque

Ex-Flamengo, meia Gabriel é anunciado como reforço do CSA

O jogador foi pouco aproveitado no Coritiba e chega ao clube alagoano para disputar a Série B O meio campista Gabriel Santana, ex-atleta do Flamengo,...

Patrocinador cancela contrato milionário com o Flamengo

A TIM cancelou patrocínio que chega ao valor de R$ 4 milhões ao Flamengo após vice acusar Landim de não repassá-lo para a parceria com o SESC/RJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs

23 de Novembro de 2019. Lima. Peru. Um ano da Glória Eterna

O Flamengo é o que não se explica. Há um ano, a América voltava a ser pintada de vermelho e preto, em um roteiro digno de cinema

Voamos todos na parábola de Diego

Sempre temi o destino de ser um morto soprado de inveja nas bancadas da eternidade, ressentido por um auge tardio do Flamengo

23 de Novembro ficou marcado na história rubro-negra

Nem a vitória parcial do River tirou a certeza de que aquele dia seria abençoado, afinal foi no mesmo dia 23 de novembro

O Flamengo existe porque a vida não basta

Cada um viu um filme diferente. De alguma forma, porém, todos aqueles filmes eram o mesmo. O mosaico do que é ser Flamengo

Quatro marcados, cinco perdidos: o “Pênalti para o Flamengo!” assusta em 2020

Vitinho perde o 5º pênalti do Flamengo em 2020; na temporada, o aproveitamento do clube carioca em cobranças de pênalti é inferior a 50%