Marcos Braz analisa adversário do Flamengo nas oitavas de final da Libertadores

MRN Informação | Bruno Guedes – O Flamengo encara o Defensa y Justicia pelas oitavas de final da Copa Libertadores. O confronto foi definido em sorteio nesta tarde de terça-feira (1), em Luque, no Paraguai, sede da Conmebol. Em entrevista à FlaTV, o vice-presidente de Futebol, Marcos Braz, disse que preferia não pegar uma equipe argentina. Entretanto, comemorou o fato de ter escapado do lado “mais salgado” da chave, segundo ele.

LEIA MAIS: ‘Difícil viagem’: imprensa argentina projeta dificuldades contra o Flamengo

De acordo com Braz, é sempre bom evitar times da Argentina. Mas destacou que viajar ao país vizinho facilita a logística para a delegação:

“É o que sempre falo, não mudo minha narrativa. Eu sempre torço para que não pegue argentino. Caiu, vamos jogar, vamos jogar com tranquilidade como se fosse qualquer um. Logística mais tranquila, sempre me preocupo com essas questões. Vamos analisar aí como vai ser o chaveamento, o caminho. A gente é otimista e analisa o caminho”, afirmou o vice.

- Advertisement -

Ao comentar a outra chave das oitavas, onde há clubes como Boca Jrs, River Plate, Palmeiras e outros, Marcos Braz comemorou o fato de o Flamengo não estar nela. Para ele, esse lado “é salgado”:

“É pedreira (risos). Mas é o Flamengo fazer o dever dele, do nosso lado tem o Inter, Vélez… querer achar que um Inter seja fraco é longe disso, tem muita tradição. Do outro lado está um pouco mais salgado”, disparou.

Apesar da cautela de Marcos Braz, jornais argentinos preocupados com o Flamengo

Enquanto Marcos Braz prega a cautela, a imprensa da Argentina projetou um difícil duelo para o Defensa y Justicia. Segundo as publicações locais, o pior rival para esta fase da competição. De acordo com El Clarín, “será uma difícil viagem”. Já o Diário Olé, afirmou que El Halcón, apelido do time de Buenos Aires, vai cruzar com o “poderoso Mengão”.

Para o El Clarín, os argentinos “terão uma difícil viagem ao Brasil para medir força com o Flamengo”. Além do Defensa y Justicia, a publicação diz que o caminho até a final será ruim para os demais clubes da chave onde está o rubro-negro. E aposta que será um dos favoritos ao título.

CONFIRA: ‘Filipe Luís acabou com meu time’, revela técnico da Série A; assista

Sempre irreverente, o Diário Olé trocou as brincadeiras pela preocupação. De acordo com o texto, o El Halcón terá uma dificílima missão de “encarar nada menos que o Flamengo”. Mas lembra que a missão será ainda mais complicada por decidir a vaga fora de casa, no Maracanã.

As partidas de ida das oitavas de final serão jogadas entre 13 e 15 de julho. Já a volta entre 20 e 22 do mesmo mês. Contudo, a Conmebol ainda não definiu os dias dos confrontos.

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here