Compartilhar:

Com sérios problemas financeiros, o Santos está perdendo vários jogadores na Justiça, e mais dois podem desembarcar na Gávea. Os empresários de Carlos Sánchez e Marinho oferecerem seus atletas ao Flamengo. No primeiro momento as conversas não avançaram, pois o rubro-negro pretende respeitar o momento do clube paulista. O Palmeiras também recebeu ligações de representantes dos atletas, e adotou a mesma estratégia do Fla.

Quando atuava pelo Grêmio em 2018, Marinho se envolveu em uma grande polêmica nas redes sociais. De férias, um amigo do atacante gravou um vídeo que viralizou na web. Nas imagens, o jogador se oferece para jogar no Flamengo e diz que bastaria o rubro-negro pedir seu empréstimo ao Grêmio que ele iria “na hora”. A postagem irritou a torcida gremista e causou desconforto dentro do clube.

Fala, rapaziada! Tem que agitar para eu chegar lá. Pode ir ao Grêmio pedir um empréstimo que irei na hora”. Confira o vídeo.

Em setembro de 2019, no programa ”Bolívia Talk Show” do canal Desimpedidos, o atacante voltou a manifestar o desejo de atuar no Mais Querido.

Eu fui lançado no Fluminense, pelo Renato Gaúcho. O sonho do meu pai era me ver vestindo a camisa do Flamengo, o sonho do meu pai… Não sei, talvez se eu conseguisse realizar o sonho do meu pai, né?”.

Na posição de Marinho, o Flamengo conta com muitas opões no setor atualmente. No comando de ataque, o clube possui em seu elenco peças como Gabriel Barbosa, Bruno Henrique, Pedro Rocha, Vitinho, Michael e Pedro.

Observando os movimentos, a equipe da Vila Belmiro corre contra o tempo para melhorar a sua situação financeira, no entanto o relacionamento entre José Carlos Peres, presidente do clube e seus jogadores, não é o dos mais agradáveis e só piorou desde o corte de salário durante a pandemia.

Créditos de imagem destacada: Divulgação

Compartilhar: