Compartilhar:

Paris Saint-Germain pode ser o destino do meia, que não vive bom momento no futebol italiano

O Milan está disposto a vender o meia Lucas Paquetá, ex-Flamengo. De acordo com o jornal italiano Gazzetta Dello Sport, o clube aceitaria uma oferta de 35 milhões de euros, ou R$ 159,36 milhões para negociar o atleta, tratado como “decepção” pelo periódico. A negociação, caso aconteça, renderá uma boa quantia ao clube formador.

O mecanismo de solidariedade da Fifa fatia 5% dos valores das transferências aos clubes formadores. A divisão é da seguinte forma:

  • 12º ao 15º aniversário do jogador: 0,25% por temporada
  • 16º ao 23º aniversário do jogador: 0,50% por temporada

Lucas Paquetá esteve no Flamengo entre o 12º e o 21º aniversário. Com isso, os cariocas têm direito a 4% do montante. Caso algum clube pague os 35 milhões de euros, o rubro-negro carioca fará jus a pouco mais de R$ 6,3 milhões.

Vale lembrar que o Milan ainda deve depositar R$ 21,3 milhões nos cofres do Flamengo. O valor é referente à quarta é última parcela da compra do jogador, sacramentada em outubro de 2018.

O Paris Saint-Germain é um dos interessados em Lucas Paquetá, segundo a imprensa europeia. A ideia do clube francês seria contar com o brasileiro já na atual janela de transferências.

Momento ruim

Na atual temporada, o meia está em baixa. Ele soma 14 partidas pelo Milan, com apenas uma participação em gol – assistência diante do Gênoa. A fase rossonera também não é das melhores: o time está apenas na 12ª posição do Campeonato Italiano, a oito pontos da zona de rebaixamento e a sete da zona de classificação para a Liga Europa.

Compartilhar: