31.7 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, dezembro 4, 2020

Pra que discutir com madame?

Gerri Rodrianhttp://Orra,éMengo!
Paulista de Osasco, nascido em 1974, casado. Formado em Letras na USP, dramaturgo, profissional da área multimídia e servidor público federal. Rubro-negro desde 1980.
Por Gerrinson. R. de Andrade (Twitter: @GerriRodrian) - Do Blog Orra, é Mengo!

20110228-flamengo
Somente perdedores, arrivistas e recalcados questionam o título do Flamengo em 1987.

 

Um velho flamenguista, coberto de glória,
Guardou a memória
Do time guerreiro, do gênio Zico!
E à noite, nas tabas, se alguém duvida
Do que ele conta,
Diz prudente: “Meninos, eu vi!”

Eu vi na TV, a torcida no largo Mineirão
Cantar três gols,
Seu canto de festa, que nunca esqueci:
Feliz, como era, chorou sem ter pejo;
Parece que a vejo,
Que a tenho nest’hora diante de mim.

Meninos, eu vi. Tava na casa de uma tia.
A TV colorida na sala, eu sozinho, sentado
No chão, num tapete, meio deitado de lado.
Era aniversário de um primo,
Festa com churrasco e bolo gelado.

Os convidados apareciam às vezes
Pra ver placar, pra me azucrinar.
Eu não queria festa, queria o jogo.
Era dois de dezembro, o ano-escolar findando,
Eu já reprovado por faltas, ainda frequentando
A escola, pra bola jogar, se divertir na quadra.

A molecada de São Paulo dizia, “vai dar
Flamengo, lógico”, eu respondia num sorriso.
Sabia que todos inveja tinham.
Corinthians estava na lanterna, fracassado
Palmeiras já de fora, São Paulo eliminado.

Meninos, eu vi. Aquela corrida de Renato
No terceiro gol, durou horas, longa caminhada.
No dia seguinte, quinta-feira,
Tirei onda na escola, fui vestido de manto.

A galera dizia comigo: Que beleza de time!
Todos concordavam, que time bom!
Valente e brioso, como ele, não vimos!
E à fé que vos digo: parecia um encanto
O time jogou tanto,
Nenhum jogava como jogava o Mengão!

E lembro bem, a final, 13 de dezembro.
Um domingo do bom. Pobre Internacional.
Mas eu não tinha mais a molecada da escola
Pra tirar barato. Estávamos de férias.

Assim o flamenguista, coberto de glória,
Guarda a memória
Do time guerreiro, do gênio Zico!
E à noite, nas tabas, se alguém duvida
Do que ele conta,
Diz prudente: – “Meninos, eu vi!

Orra, é Mengo!

Leia também

Notícias do Flamengo

SBT liga sinal de alerta após queda do Flamengo na Libertadores

Eliminação rubro-negra preocupa questão financeira do SBT. Todos os detalhes você encontra na matéria do site Mundo Rubro Negro

Aos 45 anos, ex-Flamengo volta a jogar profissionalmente

Marcelinho Paraíba voltou a atuar profissionalmente após sete meses de aposentadoria Na partida entre São Paulo e Ponte Preta, pelo Campeonato Brasileiro de 1999, ele...

Bruno Henrique nega informação de jornal sobre Jesus: ”Seus mentirosos”

Atacante do Flamengo, Bruno Henrique desmentiu que existisse problemas com Jorge Jesus. Todos os detalhes na matéria do site Mundo RN

Botafogo x Flamengo: onde assistir, prováveis escalações e tudo sobre a partida

Flamengo x Coritiba jogam no Maracanã pela 22ª rodada do Brasileirão. Rogério Ceni segue com muitos desfalques.

O motivo que pode manter Diego Alves no Flamengo

Rubro-Negro tem até dia 31 de dezembro para renovar o contrato de Diego Alves. Todos os detalhes na matéria do site Mundo Rubro Negro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs

Os problemas defensivos de mais uma eliminação rubro-negra

Erros defensivos do Flamengo se repetem sob comando de Ceni na eliminação do time da Libertadores nas oitavas de final

Bruno Henrique chega a cem jogos pelo Flamengo; confira os números

Contratado pelo Flamengo no início de 2019, Bruno Henrique atinge marca centenária; confira os números do camisa 27 no clube carioca

23 de Novembro de 2019. Lima. Peru. Um ano da Glória Eterna

O Flamengo é o que não se explica. Há um ano, a América voltava a ser pintada de vermelho e preto, em um roteiro digno de cinema

Voamos todos na parábola de Diego

Sempre temi o destino de ser um morto soprado de inveja nas bancadas da eternidade, ressentido por um auge tardio do Flamengo

23 de Novembro ficou marcado na história rubro-negra

Nem a vitória parcial do River tirou a certeza de que aquele dia seria abençoado, afinal foi no mesmo dia 23 de novembro