25.8 C
Rio de Janeiro
domingo, janeiro 24, 2021

MRN LIVE: Wrobel detalha proposta de compra do prédio do Morro da Viúva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

No começo da tarde de ontem (27), o programa MRN LIVE, recebeu o vice-presidente de patrimônio do Flamengo, Alexandre Wrobel. Durante pouco mais de 30 minutos o papo transmitido ao vivo pelo canal do MRN no YouTube, girou em torno da convocação do Conselho Deliberativo do Flamengo para a votação do projeto de venda do Edifício Hilton Santos, o chamado Morro da Viúva.

Horas depois, na sede social da Gávea, a reunião teve que ser adiada por falta de quórum. Membros da situação acusam a oposição de brecar uma pauta importante e positiva para o clube em um momento de fragilidade de Eduardo Bandeira de Mello, por conta da crise no futebol, um dia após mais um vexame no Campeonato Brasileiro.

A estratégia dos conselheiros contrários à venda foi a de aguardar ao lado de fora até que o presidente do CoDe, Rodrigo Dunschee de Abranches, encerrasse a reunião. A votação só poderia ser feita com no mínimo 250 conselheiros — cerca de 220 conselheiros assinaram a lista de presença no Salão Nobre.

O principal motivo alegado para o descontentamento é o modelo do negócio, que pode chegar em torno de 140 milhões, valor considerado baixo por essa ala de sócios. No dia 11/12 o Conselho Deliberativo se reúne novamente em torno da questão. Caso a proposta da Cyrella, umas das gigantes do mercado brasileiro, seja aceita ainda em 2017, a obra tem prazo para terminar até o fim de 2020.

Confira abaixo um resumo dos trechos mais importantes da entrevista de Alexandre Wrobel.

O que será apresentado no CoDe?

São duas votações. Uma é a aprovação do contrato referente ao Morro da Viúva com a Cyrella e a outra é a construção do novo CT voltado ao futebol profissional. Elas estão ligadas. A construção do novo CT depende da aprovação do contrato de venda do Morro da Viúva.

Retomada de posse e escolha da Cyrella

O destino do Morro da Viúva era se tornar um hotel com mais de 400 quartos. Com a falência do pool de empresas do empresário Eike Batista, a EBX não pode arcar com o compromisso. Em janeiro deste ano a posse do prédio retornou para o Flamengo. Wrobel explica que foi feito um edital de convocação para empresas interessadas em investir no prédio. Após algumas etapas com inúmeras reuniões internas com representantes de poderes, a proposta da Cyrella foi considerada a melhor.

A proposta

Outrora imponente, hoje em estado de extrema precariedade e até invadido por sem-tetos. O Edifício Hilton Santos está completamente abandonado em uma das áreas mais nobres do Rio de Janeiro, no Aterro do Flamengo e com vista para a enseada de Botafogo e Pão de Açúcar. Os prejuízos são significativos. “O Flamengo estaria recebendo R$ 26 milhões. Basicamente cobre todos os gastos com o novo CT e ao final do empreendimento o Flamengo recebe 30% do prédio (42 apartamentos) absolutamente retrofitado sem nenhum custo, nenhuma despesa adicional. Hoje isso corresponde, com o mercado em baixa, a R$ 100, R$ 110 milhões. Nossa expectativa é que o mercado se recupere e o valor do metro quadrado fique mais caro. O negócio, portanto, é na casa dos R$ 140 milhões hoje”, explicou Wrobel.

Por que o Flamengo precisa vender o prédio?

Ainda segundo o VP de Patrimônio, a reforma está longe de ser algo simples. O prédio necessita de um retrofit, termo técnico que indica o mais complexo grau de reforma em um imóvel, quando apenas o esqueleto é mantido. Há a necessidade de um aporte financeiro muito significativo. Como o Flamengo não tem todo esse dinheiro em caixa, a solução seria pedir empréstimos e correr grandes riscos por conta da instabilidade de um mercado que não faz parte da razão social do clube (imobiliário).

Veja a entrevista na íntegra

Escreva-se no nosso canal e habilite a notificação. O programa MRN Live tem a produção de Diogo Almeida e Leonardo Farias e é apresentado por Diogo Almeida. Para apoiar o nosso trabalho acesse apoia.se/mrn


 

Imagem destacada no post e redes sociais: Agência Brasil

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs