Nada machuca mais do que o adeus

Eu não te amo mais. E o adeus citado é a despedida de um amor. Sim, amores acabam. O meu acabou! Encontrar palavras para descrever o que sinto seria um tanto quanto complexo.

Mas posso colocar tudo na conta da indiferença. A nossa relação virou a tal “agua de salsicha”. Não me importo mais com ela. Acredito que ela também já não liga mim.

Veja você, houve um tempo em que minha vida era pautada em sua rotina. Meus passos eram determinados pelo que você havia planejado. Não, não me sentia um capacho. Era amor. E por amor você vai. Deixa ser conduzido na música. Não existe nada melhor do que ser levado em uma música.

Do mesmo autor: Gabriel, segura a onda mané

- Advertisement -

Parece que foi ontem, eu, tolo, de olhos cheios de lágrimas diante a sua nova roupa. Você ficava linda de qualquer maneira. Mas bastava aparecer com uma roupa nova e meu coração pulava. E olha que suas roupas eram sempre bem parecidas. Mas o amor cega. E eu era cego.

Mas deixe. Não vou falar só dos meus erros. Você também se importava mais comigo. Não adianta negar. Havia entre nós um elo. E quem rompeu foi você.

Talvez a rotina, o tal do “dia a dia” tenha distanciado a gente. Você teimou em ficar longe de casa. Eu pedi, eu supliquei para você voltar. Aqui era o seu lugar. Mas não, você não me escutou. Muito pelo contrário. Foi ouvir os outros. OS OUTROS!

Leia também: Gerson é o melhor camisa 8 desde Adílio

É… Não dá mais. Desejo a você toda a sorte do mundo. Que encontre alguém que te ame como eu um dia te amei. Que celebre suas vitórias, como um dia eu celebrei. Que mude sua programação noturna só para estar diante a ti.

Deixo esse último parágrafo como reflexão para os nossos futuros. Você já me fez acordar de madrugada. Você já me fez perder dias. Por você gastei o que não tinha. Viajei, dormi fora de casa, fui para rua.

Eu já pintei teu nome na rua.

Sim, eu já fiz essa loucura.

E hoje, diante da minha maturidade e com muita dor no coração, declaro olhando nos seus olhos: Seleção Brasileira, eu não te amo mais!

Siga também no Twitter: @ricardomouraCRF

Precisamos do seu apoio para fazer o melhor site de jornalismo sobre o Flamengo. Clique AQUI e saiba como se tornar nosso apoiador!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here