27.5 C
Rio de Janeiro
terça-feira, novembro 24, 2020

Notas e análises individuais de Flamengo 3×1 Junior Barranquilla

Mais uma vitória na sequência de resultados positivos do Flamengo; contra o Junior, Garotos do Ninho mantêm excelência do time

Notas atribuídas por torcedores da comunidade MRN – Pensar Flamengo

Leia as análises individuais e notas dos jogadores concedidas pelo time de colaboradores do MRN:

César: Foi pouco exigido durante a partida e não teve culpa no gol. Mostrou-se seguro em um jogo relativamente fácil, não comprometeu. Nota 6.0.
Por: Marcelo Batista – Twitter: @Antifa_crf

Matheuzinho: Fez uma excelente partida. Como o adversário não atacou muito, apoiou com bastante qualidade. Boas tabelas e jogadas de ultrapassagem com o Michael. Quando passou a ser o responsável pelos escanteios bateu muito bem o que resultou no terceiro gol. Vai se firmando como uma boa opção para a reserva do Isla. Jovem e talentoso, tem muito a evoluir ainda na carreira. Nota: 8,0.
Por: Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Léo Pereira: Mostrou a segurança na defesa que faltou em outras partidas, apesar do adversário não mostrar muita resistência. Foi importante no primeiro gol. Nota: 6,5.
Por: Vitor Mathura – Twitter: @v_mathura

Thuler: Assim como Leo Pereira fez um jogo sem grandes sustos e foi pouco exigido pelo ataque do Junior. Ainda mostrou oportunismo para antecipar um adversário e meter seu gol para abrir o caminho da vitória. Nota: 8,0.
Gabriel Noga: Entrou após a lesão de Thuler e teve o azar de o gol do adversário sair em seu primeiro lance. Fora isso, participou mais apoiando a saída de bola do que defendendo. Nota: 6,5.
Por: Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Renê: Atuação discreta e regular. Não comprometeu na defesa, fechando bem o seu setor. Porém, em jogos em que precisamos de um lateral que apoie muito e seja inteligente nas jogadas ofensivas, Renê deixa muito a desejar. Foi menos eficiente ofensivamente até que o menino Ramon. Nota: 6,0.
Por Ivo Júnior – Twitter: @ivofsjr

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Willian Arão: Partida normal, durante o tempo que ficou em campo foi bem na marcação. Mesmo errando alguns passes fez um bom jogo. Nota: 6,0.
João Gomes: Bela e grata surpresa, entrou muito bem na partida. Belos passes, bem na marcação, muita técnica e vontade. Resumindo: o moleque comeu a bola e aproveitou muito bem a oportunidade. Nota: 9,0.
Por Welson Alves – Twitter: @welson_fla

Bruno Henrique: O único titular do time ideal a jogar, viu o time cair mais pelo outro lado com a grande atuação de Matheuzinho e a correria de Michael. BH não teve uma atuação de Rei da América, mas deu passe pro gol de Lincoln e guardou o dele. A torcida espera que recupere o seu ritmo pleno, pois ele em grande fase é fundamental ao Flamengo. Nota: 7,5.
Por: Danton Freitas

Vitinho: Dome começa a achar a posição ideal para o jogador, a mesma em que ele jogava há alguns anos atrás na Rússia, mais por dentro. Por ali, joga mais solto, flutuando por toda intermediária ofensiva e sem obrigação de voltar tanto para marcar. Tomara que continue nessa evolução, assim ajudará muito na temporada. Nota: 7,5.
Lázaro: Boa partida de mais um garoto do ninho. Aparentemente o jogador tá bem mais forte fisicamente, manteve o mesmo nível na partida do Vitinho, só que um pouco mais discreto. Nota: 6,5.
Por Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro04

Michael: Demonstrou vontade e foi extremamente importante ao explorar os espaços pelo lado direito do campo, usando muito bem a sua velocidade e o drible no mano a mano. Porém, falhou muitas vezes na parte técnica, errando opções de passes e finalizações que poderiam resultar em mais gols do Mengão. De um modo geral, evoluiu seu futebol em relação às últimas partidas com Dome. Nota: 7,0.
Por: Ighor Lopes- Twitter: @ighorlps

Lincoln: Bom jogo do atacante. Lutou por espaços contra a defesa adversária, saiu da área para armar jogadas e achar bons lançamentos e ainda fez um belo gol. Nota: 8,5.
Ramon: Entrou já no fim para dar apoio pela ponta esquerda. No pouco tempo que teve, fez bem sua função e quase conseguiu um gol de cabeça. Nota: 6,0.
Por: Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Dome: Apesar da ausência de tempo para treinos, fica cada vez mais perceptível as características do treinador no time. Dois pontas abertos para dar maior amplitude, ultrapassagens dos laterias e triangulações na linha ofensiva. Aos poucos, jogo a jogo, o Flamengo do Dome vai tomando forma. Que venham as oitavas! Nota: 8,0.
Por: Marcelo Franco – Twitter: @FrancoMarcelo_

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Marcelo Cortes / CRF

Leia também

Notícias do Flamengo

Torcedores do Botafogo caem em pegadinha de flamenguistas antes de jogo contra o Fortaleza

O que os botafoguenses não contavam é que tudo não passava de uma pegadinha de torcedores do Mengão

Gabigol com a camisa do Boca gera discussão acalorada em programa argentino; assista

Gabigol posou para tirar foto com a camisa do Boca nas dependências do clube. Todos os detalhes você encontra no site do Mundo Rubro Negro

Veja as escalações que Ceni pode utilizar para Racing x Flamengo

Ceni terá os retornos de Filipe Luís e Gabigol para escalar a equipe que enfrentará o Racing nesta quarta, às 21h30. Detalhes no MRN

Willian Arão revela treinos de Rogério Ceni e mudança em relação a Domènec

Willian Arão projetou jogo difícil contra o Racing, mas revelou que o Flamengo não pretende mudar o estilo e vai jogar de forma ofensiva

Cano dá dicas ao Racing e exalta Flamengo: ”Jogam em outro nível”

Em entrevista ao Diario Olé, atacante do Vasco elogiou o Flamengo. Todos os outros detalhes na matéria do site Mundo Rubro Negro

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs

23 de Novembro de 2019. Lima. Peru. Um ano da Glória Eterna

O Flamengo é o que não se explica. Há um ano, a América voltava a ser pintada de vermelho e preto, em um roteiro digno de cinema

Voamos todos na parábola de Diego

Sempre temi o destino de ser um morto soprado de inveja nas bancadas da eternidade, ressentido por um auge tardio do Flamengo

23 de Novembro ficou marcado na história rubro-negra

Nem a vitória parcial do River tirou a certeza de que aquele dia seria abençoado, afinal foi no mesmo dia 23 de novembro

O Flamengo existe porque a vida não basta

Cada um viu um filme diferente. De alguma forma, porém, todos aqueles filmes eram o mesmo. O mosaico do que é ser Flamengo

Quatro marcados, cinco perdidos: o “Pênalti para o Flamengo!” assusta em 2020

Vitinho perde o 5º pênalti do Flamengo em 2020; na temporada, o aproveitamento do clube carioca em cobranças de pênalti é inferior a 50%