Veja as notas e análises da vitória com gosto de vingança de um Flamengo que contava novamente com a garotada

Notas atribuídas por torcedores da comunidade MRN – Pensar Flamengo

Leia as análises individuais e notas dos jogadores concedidas pelo time de colaboradores do MRN:

Neneca: Assim como no jogo contra o Palmeiras, vem se mostrando um goleiro seguro. Muito bom nas saídas de bola, hoje novamente fez duas defesas excelentes. Depois de Júlio César, podemos estar diante do surgimento de mais um goleiro na Gávea com um futuro brilhante. Voa, garoto! Nota: 9,0.
Por Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro

Matheusinho: Mesclou boa cobertura defensiva contra os avanços de Ortiz e Preciado e foi efetivo no ataque também, saiu extenuado. Nota 7.0.
Isla: Guardou mais posição pelo lado direito da defesa, muito bem por sinal, ainda assim arriscando algumas idas ao ataque. Nota 6.0.
Por Marcelo Batista – Twitter @Antifa_crf

Gabriel Noga: Não sentiu o peso do jogo mais importante da sua da sua vida até agora. Mostrou porque é o zagueiro mais promissor da base. O Del Valle não ameaçou pelo seu lado. Tem grande futuro. Pode ser uma boa opção para insegurança do Léo Pereira e do Gustavo Henrique. Nota: 7,5.
Por Vitor Mathura- Twitter: @v_mathura

Natan: Uma partida de almanaque do nosso zagueiro. Saída de bola tranquila e com qualidade, perfeito na marcação direta, ótimo no jogo aéreo, e se impondo nas antecipações. Uma partida de uma zagueiro que parecia ser titular há muito tempo e não fazendo a sua primeira partida na Libertadores, e ainda por cima em uma defesa com jovens como ele, e pegando um adversário muito forte. Hoje podemos dizer que achamos um, ao que parece, grande zagueiro. Nota: 10,0.
Por Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Ramon: Uma partida correta, mostrando mais uma vez personalidade. Embora em alguns lances tenha dado muito espaço (marcando de longe) o adversário que caía em seu lado, chegava rápido para o combate. E ofensivamente foi uma excelente opção, chegando sempre com velocidade e bons passes. Nota 7,0.
Por Verônica Coutinho – Twitter: @Vevecoutinho

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.

Thiago Maia: Sem a bola foi seguro na maioria dos lances, mas teve dois vacilos no segundo tempo que permitiram boas chances para o Del Valle. Com a bola nos pés foi tranquilo como de costume e ainda começou a jogada do segundo gol. Nota: 7,5.
Diego: Entrou na reta final da partida para segurar a bola e ocupar o meio de campo e fez isso sem muitos problemas. Nota: 6,0.
Por Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Gerson: Com a missão de “defender” a nossa dupla de zaga, nosso coringa não apareceu muito hoje, subiu poucas vezes (bem verdade que foi levando perigo), e defensivamente fez um bom jogo, mais perto do que estamos acostumados a ver dele. Nota: 7,5.
Por Caroline Menezes – Twitter kaka_menezes07

Arrascaeta: O jogo de hoje provou, mais uma vez, que o nosso uruguaio saiu barato para os cofres do flamengo. Jogando mais uma vez centralizado, assim como no jogo passado, achou mais do que o Google, dando cada passe pornográfico que seria proibido em mais de 188 países. Por fim, soberano na construção de ataque do time rubro-negro. Só faltou um gol de sua autoria. Nota: 8,5.
Por João Victor – Twitter: @jonvcrf

Lincoln: Partida excelente do atacante. Foi o melhor jogador do primeiro tempo, ajudando na construção de jogadas. E foi coroado com um gol. No segundo tempo ficou evidente a falta de ritmo, e o jogador foi menos efetivo, porém, se doando ao máximo. Melhor partida do jovem pelo profissional. Ainda bem que eu nunca critiquei nosso menino Lincoln! Nota: 9,5.
Guilherme Bala: Entrou e não participou muito do jogo, errou na definição de algumas jogadas, entre elas, em um lance que poderia resultar no tão esperado quinto gol. Nota: 6,0.
Por: Ighor Lopes – Twitter: @ighorlps

Gabigol: Começou o jogo muito ligado e cheio de disposição, muito diferente dos jogos anteriores. Muita raça e uma bela assistência no segundo gol do Flamengo, Pena ter se machucado tão cedo… Nota 8,5.
Bruno Henrique: Fez os rubro-negros matarem um pouco a saudade do BH de 2019. Muito ligado no jogo, pra coroar sua grande atuação faz dois gols e meteu o vapo-vapo (como é doce a vingança!). Respeita o REI DA ÁMERICA….
Nota: 9,5.
Por Welson Alves – twitter @welson_fla

Pedro: Falar que o Pedro fede a gol é chover no molhado, mas hoje deu pra ver muito bem que ele não se resume a isto. Num trio de centroavantes ele demonstrou muita movimentação e inteligência para trabalhar com os companheiros. Foi premiado com um gol. Nota: 9,0.
Michael: Entrou para dar vitalidade ao ataque depois que os que começaram acabaram cansando. Não conseguiu criar grandes jogadas. Nota: 6,5.
Por Rafael Albuquerque – Twitter: @R_Albuquerque01

Jordi Guerrero: Escolhas perfeitas para o jogo de hoje. Tanto na formação tática quanto na estratégia em campo. Uma delas, no início, em relação à saída de bola do adversário, sabendo exatamente quando pressionar, subir as linhas e quando aguardar. O seu comportamento na beira do campo parece que vem contagiando a equipe, o que é ótimo. Para fechar com chave de ouro deu um belo aperto em Miguel Angel Ramirez, como quem diz: me respeita que eu tô em casa e aqui o Maraca é nosso! Que homem, senhores. Nota: 9,5.
Por Marcelo Franco – Twitter: @FrancoMarcelo_

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo