Veja as notas e análises da virada milagrosa do Flamengo de São Pedro sobre o lanterna do Campeonato Brasileiro

Notas atribuídas por torcedores da comunidade MRN – Pensar Flamengo

Leia as análises individuais e notas dos jogadores concedidas pelo time de colaboradores do MRN:

Neneca: Sem culpa no gol, num jogo de ataque x defesa foi exigido três vezes e deu conta do recado fazendo três defesas dificílimas. Melhorou muito sua saída de bola e parece cada vez mais à vontade debaixo das traves rubro-negras. Diego Alves que se cuide. Nota 9.5.
Por Marcelo Batista – Twitter: @Antifa_crf

Matheusinho: Como sempre que entra em campo, subiu de mais ao ataque e deixou seu setor muito exposto, ainda mais tendo como zagueiro do seu lado o lento Gustavo Henrique. O gol adversário aconteceu exatamente no espaço do lado direito da defesa, com o atacante recebendo livre pra finalizar. Nas subidas não foi tão eficiente também, embora tenha tentado muito. Nota: 6,0.
Por Rafael Albuquerque – Twitter: @R_Albuquerque01

Gustavo Henrique: Apesar de jogar em um sistema defensivo ainda muito instável, talvez até pela falta de tempo para treinos, o zagueiro foi bem no jogo. Boas viradas de bola e firmeza na marcação. Nota: 6,5.
Por: Welson Alves – Twitter: @welson_fla

Natan: Mais uma boa partida do nosso zagueiro, a tranquilidade que joga é assustadora devido a idade que tem. Falando do jogo especificamente, teve dificuldade no início mas logo acertou a cobertura do Filipe Luis. Também se antecipou bem às jogadas de pivô quando precisou marcar o Rafael Moura e dificilmente perdeu lances no combate direto. Teve uma bola mal rebatida em todo o jogo. Fora isso, lembra muito o Marí quando acelera na saída de bola com passes longos na lateral, e quando conduz a bola, conduz com qualidade ao ataque. Parece que será um dos titulares. Nota: 9,0.
Por Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Filipe Luís: Jogando com classe e tranquilidade, dá muita segurança ao time tão desfalcado. Arriscou mais chutes do que o habitual no jogo de hoje, mas sem sucesso. Impressiona a disposição, no último minuto estava dando opção de jogada ao Bruno Henrique. Nota: 7,0.
Por: Danton Freitas

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.

Arão: A melhor partida em 2020 do camisa 5. Jogou sério, se apresentou bem em todas as jogadas de ataque, deu excelentes passes e foi muito bem também nos desarmes. Claro que foi facilitado pela pouca efetividade do jogo ofensivo do Goiás. Dominou todas as ações no meio campo, com boas viradas de jogo e dinamismo. Nota: 8,0.
Por Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro04

Thiago Maia: Fez uma partida segura no meio campo. Ganhou quase todas as sobras e esteve preciso nos desarmes. Além disso, achou ótimos passes e lançamentos para levar o time ao ataque. Nota: 7,5.
Por: Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Gerson: Demorou um pouco para entender a posição mas foi crescendo ao longo do jogo e foi muito importante para dar velocidade no primeiro gol. No segundo tempo cansou, mas fez uma boa trinca com BH e Pedro. Nota: 7,5.
Lincoln: Muita disposição e pouca efetividade. Teve pouco tempo para mostrar serviço. Nota 5,0.
Por Vitor Mathura – Twitter: @v_mathura

Michael: Quando entra no segundo tempo não consegue mostrar nada de bom, quando começa jogando parece que entrou no segundo tempo. Vai parecer perseguição, mas está ficando complicado ter que vê-lo com o manto. Ainda conseguiu acertar um cruzamento no primeiro tempo e no segundo tempo acertou um passe em profundidade, o que já é MUITO POUCO. Não satisfeito, conseguiu perder uma bola que era uma chance clara de gol no final do jogo. Nota: 0,5 (só pelo esforço mesmo).
Por: Caroline Menezes – Twitter @kaka_menezes07

Bruno Henrique: Não teve uma atuação das mais inspiradas mas nunca deixou de buscar o ataque e insistir na criação de jogadas. Foi premiado com a assistência para o primeiro gol de Pedro e só não saiu de campo com um gol por causa da grande atuação do goleiro Tadeu. Nota: 8,5.
Por: Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Pedro: O cara da partida mais uma vez, aproveitando muito bem todas as chances que teve, marcando os 2 gols que deram a Vitória ao Flamengo. Além disso, o artilheiro deu mais uma vez seu recado: Ele merece a titularidade independentemente de quem esteja disponível. O BRABO TEM NOME, RESPEITA O PEDRO! Nota: 10,0.
Por Ighor Lopes – Twitter: @ighorlps

Dome: O time mostrou padrão de jogo, criou muitas chances e esbarrou numa partida endiabrada do goleiro do Goiás. Apesar disso, tenho que deixar uma crítica à falta de substituições. Tu sabe q pode mexer cinco vezes, né Dome? Nota: 7,0.
Por: Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Marcelo Cortes / Flamengo