Notas e análises individuais de Flamengo 3×1 Athletico Paranaense

Mundo Rubro Negrohttps://www.mundorubronegro.com
Notícia e opinião de qualidade sobre o Flamengo desde janeiro de 2015

3 COMENTÁRIOS

  1. […] Após a vitória deste domingo (4) sobre o Athletico-PR por 3 a 1, o Flamengo começará uma sequência de jogos sem quatro titulares que estarão servindo suas seleções. Rodrigo Caio e Everton Ribeiro vão defender o Brasil, Arrascaeta o Uruguai e Isla o Chile. Os jogadores desfalcarão a equipe em três partidas do Campeonato Brasileiro, contra Sport (no dia 07), Vasco (10) e Goiás (13). […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Veja as notas e análises da importante vitória de um Flamengo que cada vez mais dá mostras de retorno à boa forma

Notas atribuídas por torcedores da comunidade MRN – Pensar Flamengo

Leia as análises individuais e notas dos jogadores concedidas pelo time de colaboradores do MRN:

Neneca: É uma estrela em ascensão. Possui todas as características que a torcida gosta: apelido legal, história, mística e sorte. Contudo, precisa melhorar sua saída de bola, mas isso é treino – habilidade, reflexo e noção tática ele possui. Será o futuro titular. No jogo, algumas saídas incorretas, apresentando dificuldade (sem tirar os méritos da pressão do adversário), mas embaixo da trave, nas antecipações e na bola aérea, foi muito bem. Nota: 7,5.
Por Willian Sian Herzog – Twitter: @willian_sian

Isla: Partida regular do lateral chileno, principalmente no segundo tempo quando deu pouquíssimos espaços na defesa pelo lado direito. Poderia ter ido melhor no lance do gol adversário, quando deixou o atacante com nome de cerveja de gosto duvidoso se desvencilhar e chegar na frente para marcar. No geral, retorno honesto do experiente lateral. Nota: 6,5.
Por Marcelo Franco – Twitter: @FrancoMarcelo_

Gabriel Noga: No primeiro tempo, assim como toda a defesa, foi muito inseguro. Tomou um cartão amarelo num lance que quase fazia pênalti por uma entrada atrasada no adversário. Na segunda etapa foi melhor e não teve culpa no lance do gol do Athlético. Nota: 6,5.
Por Rafael Albuquerque – Twitter: @R_Albuquerque01

Natan: Mais um jogo seguro do nosso zagueiro. Demonstrou que pode brigar sim por uma vaga ao lado de Rodrigo Caio. Confiante e sério em todas as jogadas, apesar de um primeiro tempo ruim da defesa, dominou as ações defensivas no segundo tempo. Nota: 8,5.
Por Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro04

Filipe Luís: Bom jogo. Não complicou na parte defensiva, porém pouco efetivo no ataque, claramente sentiu a falta de ritmo e o campo pesado. Nota: 6,0.
Ramon: Entrou no fim e pouco participou da partida. Nota 5,0.
Por Welson Alves – twitter: @welson_fla

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro. Clique aqui e seja apoiador.

Arão: Jogo sólido defensivamente do volante, que voltou após pegar COVID, dando suporte a jovem zaga do Flamengo, porém, errou muitas saídas de bolas e passes simples, que resultaram em lances de perigo do Athlético Paranaense. No geral, uma partida apenas regular do titular. Nota: 7,5.
Por Ighor Lopes- @ighorlps

Gerson: Mais uma partida segura do nosso coringa, estando sempre presente em todas as partes do campo e acompanhando tanto ataque quanto defesa. Teve uma participação mais ativa no ataque fazendo uma ótima transição, porém, com menos destaque em relação a Pedro, ER7 e Arrascaeta. Nota: 7,5.
Por Millena Dourado – Twitter: @falconcrf_

Arrascaeta: Como joga esse uruguaio, o mais impressionante é sua tranquilidade para dar sequência nos lances. É maravilhoso vê-lo jogar. Nota: 9,0.
Diego Ribas: entrou para controlar a bola e e assim fez durante o pouco tempo que esteve em campo. Nota: 6,0.
Por Ricardo Bitencourt – Instagram: @drbitenco

Bruno Henrique: Ainda não voltou ao nível de 2019, mas está próximo disso. Foi sempre uma boa opção pela esquerda, criando boa chances para o Pedro. Foi presenteado com a oportunidade de bater o pênalti e deixar o seu. Nota: 8,0.
Michael: Ainda não correspondeu no nível do investimento feito. Não deu seguimento às jogadas que caíram no seu pé. Nota 5,0.
Por Vitor Mathura- Twitter: @v_mathura

Vitinho: Mais uma péssima partida, jogador que não ajudou na marcação, não deu amplitude ao time como Bruno Henrique dava do outro lado, na marcação deixou muitas vezes o Isla descoberto e tomou várias decisões erradas no ataque quando teve a bola. O pior é que foi mais uma partida que atuou de forma desligada, sem vontade, saiu de forma justa no intervalo. Nota: 1,0.
Everton Ribeiro: Nosso camisa 7, fez o jogo mudar, equilibrou o time, deu opção pelo lado direito, se aproximou do Arrascaeta e do Isla para triangulação no ataque e fez o gol que matou o jogo. Nota; 8,0.
Por Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Pedro: Mais uma ótima partida do goleador. No primeiro tempo protegeu bem a bola, tabelou, mas na hora de abrir o placar a pelota escapou um pouco do seu controle prejudicando a finalização, que foi em cima do goleiro. Já no segundo tempo manteve a ótima atuação e fez um autêntico gol do centroavante técnico que é, com um domínio difícil, um corte seco no zagueiro e uma batida firme no canto. Belo gol e ótima partida. Nota: 9,0.
Lincoln: Não repetiu as últimas duas boas atuações. Participou de três lances e em todos não conseguiu dar prosseguimento. Nota: 5,0.
Por Edson Lira – Twitter: @Edsonjslira

Jordi Gris: Se já é complicado analisar o trabalho de um auxiliar assumindo o time numa emergência, quem dirá analisar o substituto desse auxiliar… Jordi Gris fez o básico: manteve a estrutura que vinha funcionando para o time e pediu um pouco mais de posse e domínio de jogo. Além disso, mostrou boa leitura ao tirar Vitinho e lançar Everton Ribeiro. O canhoto mudou a cara do jogo e desequilibrou a partida a nosso favor. Nota: 8,0.
Por Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro. Clique aqui e seja apoiador.

Notícias do Flamengo

Blogs