Compartilhar:

Fica clara a importância da transmissão de um jogo ao vivo no canal do clube. E existe também uma construção de expectativa e pertencimento

Luiz Filipe Carneiro – Twitter: @luizfilipecm | Blog CRF & ETC

O Flamengo passou dos 5 milhões de seguidores na FlaTV e muita gente atribui isso apenas ao número de torcedores. Mas não é tão simples assim. Se você é de exatas, peguei o ranking de torcidas, apliquei os percentuais na população de 210 milhões de brasileiros e comparei com a quantidade de seguidores das TVs dos 12 mais tradicionais clubes do país (no dia 10/07/2020).

Do mesmo autor: Flamengo x Volta Redonda com transmissão paga é a nossa revolução de coisa alguma

Se você é de humanas, calma que eu vou explicar.

O que essa tabela significa?

Em média, os clubes brasileiros têm pouco mais de 11 torcedores pra cada seguidor do canal do clube. Quanto menor o número da última coluna, maior é a participação da torcida no YouTube.

Um em cada 8 torcedores do Flamengo está seguindo a FlaTV. O que é melhor que a média e é o terceiro melhor desempenho entre os clubes. Só fica atrás do Santos, que tem um canal de qualidade há muito tempo, e do Fluminense. Fiquei curioso com o tricolor e fui dar uma analisada no crescimento do canal com a transmissão da final da Taça Rio pelo streaming.

(Agradeço aqui um monte de gente que me mandou o número de seguidores que eles tinham antes do jogo, quando pedi no Twitter).

Acabei pegando o número de primeiro de julho do levantamento do IBOPE Reupcom porque os números depois da divulgação da transmissão já estavam inflados com a notícia.

O Fluminense tinha 230 mil inscritos no canal. Um aumento de 114%! Antes disso o clube já tinha um desempenho melhor que a média, com 9,13 torcedores por cada seguidor.

O problema de pegar um caso isolado é que pode ter muitas distorções. Principalmente quando é em cima de um número relativamente pequeno. Aí eu resolvi fazer o levantamento do número de seguidores que a FlaTV tinha antes de começar a transmitir jogo com imagens.
Muitos não lembram, mas isso começou dia 14 de março, contra a Portuguesa. Não é exatamente a mesma situação porque a Globo também transmitiu, mas é onde dá pra começar a comparação.

Veja também: Gooooooollll do Adversário!

Mais uma vez me baseei nos números do IBOPE, no dia primeiro de março. Eram 3.140.000 inscritos, o que dava um total de 13,37 torcedores pra cada seguidor. Pior que a média atual de torcedor por inscrito. Fui olhar primeiro de abril, pra ver o reflexo na quantidade de inscritos. Nesse mês que teve a transmissão no canal só teve um aumento de 230 mil seguidores. Mesmo com o jogo ao vivo não existiu a explosão de seguidores vista no Fluminense.

Mas o Flamengo acabou de passar de 5 milhões de inscritos, claramente tem um reflexo direto das transmissões. Números falam muita coisa, mas nem sempre contam a história toda. No dia primeiro de junho a FlaTV tinha 3.380.000 seguidores. Um crescimento bem leve em relação a março. Mas hoje, 40 dias depois, o crescimento foi de mais de um milhão e meio de inscritos. 

Nesse meio tempo, houve a mudança da MP, que fez com que aquele jogo solto contra a Portuguesa não fosse apenas um jogo isolado. Era uma mudança maior que ainda veio com a tendência de ter mais jogos transmitidos. O que deixou ainda relevante o ato de seguir o canal do clube para não perder nada. Não era só uma partida.

Além disso, a torcida comprou a briga dos direitos de transmissão. Organicamente o número de torcedores foi crescendo e mostrando o apoio dos torcedores ao canal do clube. E a própria comunicação do clube passou dias registrando o crescimento, comemorando e instigando. Fazer parte disso era muito fácil, só seguir o canal.

Fica clara a importância da transmissão de um jogo ao vivo no canal próprio do clube. Mas a gente também consegue notar que um caso isolado não tem toda essa força. Existe também uma construção de expectativa e pertencimento.

A quantidade de seguidores no fim* dia primeiro de julho, depois do jogo contra o Boavista, a FlaTV estava com 4.220.000. As duas partidas no período ajudaram a FlaTV a ganhar mais de 800 mil assinantes. E nos 8 dias seguintes (2 a 9 de julho) o clube conseguiu mais do que isso e rompeu a barreira dos 5 milhões. Sendo que só um jogo foi transmitido ao vivo na FlaTV. O outro foi no canal do Fluminense.

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp.

Sem dúvida nenhuma a transmissão dos jogos ao vivo é um diferencial gigantesco, mas ele é potencializado por um bom trabalho de fomento. Reforçando rivalidade, definindo metas alcançáveis e engajando a torcida você consegue chegar a números expressivos como esses 5 milhões de inscritos. A cada novo inscrito fica mais difícil de conseguir o próximo. Os fáceis já estavam todos seguindo. Cabe ao Flamengo conseguir maneiras de aumentar ainda mais esse número, até porque ainda tem muita torcida a ser atingida. 

*Não achei no IBOPE o horário de fechamento dos números. Mas nessa matéria cita o crescimento durante o jogo de 3.9mi para 4.2mi. Então me parece que o fechamento é no fim do dia primeiro.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Reprodução / Instagram

Não deixe de ler também

Compartilhar: